Ex-goleiro Bruno será transferido para presídio de segurança máxima em MG


0

A Justiça de Minas Gerais decidiu transferir o ex-goleiro Bruno Fernandes de Souza para o presídio de segurança máxima Nelson Hungria, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Com isso, ele vai deixar a Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) em Varginha (MG). As informações são da Rádio Itatiaia e UOL.

Bruno foi punido por usar um telefone celular para marcar encontro com mulher no local em outubro do ano passado e acabou sendo flagrado por câmeras de uma emissora de televisão mineira. Em dezembro de 2018, Bruno foi inocentado pelo Conselho Disciplina da Apac de Varginha, mas o juiz Tarcísio Moreira de Souza reabriu o caso em fevereiro de 2019 e afirmou que houve falta disciplinar grave.

Bruno perdeu o direito de cumprir pena na Apac, onde podia trabalhar fora da cadeia, e sua transferência para o presídio de segurança máxima deve ser realizada nos próximos dias. Por conta disso, a defesa do ex-goleiro acredita que ele só poderá pedir para deixar o regime fechado novamente em fevereiro de 2023.

O ex-goleiro do Flamengo foi condenado a 20 anos e nove meses de prisão pela morte e ocultação de cadáver de Eliza Samudio em 2010. O corpo dela nunca foi encontrado.

Deixe um comentário