Sema promove curso de manejo de trilhas terrestres em Barra do Garças


0

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), por meio da Gerência Regional do Parque Estadual da Serra Azul, promoveu o curso de Manejo de Trilhas Terrestres em conjunto com ICMBio, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e Centro Universitário do Vale do Araguaia (UNIVAR). O treinamento evidenciou a importância do manejo sustentável, bem como do impacto financeiro positivo das trilhas no cenário do ecoturismo nacional e mundial.

“Percebemos a possibilidade da mudança de percepção do papel das trilhas, que passam a ser vistas como atrativos turísticos em si e não somente como infraestrutura de acesso”, destacou a gerente do Parque Serra Azul, Cristiane Schnepfleitner. Na programação foram tratados temas como: manual de sinalização de trilhas, roteiro metodológico para manejo dos impactos de visitação, fundamentos do planejamento de trilhas e rol de oportunidades de visitação. Toda parte de campo foi realizada na trilha da Cachoeira do Pé da Serra no interior do Parque.

Coordenado pela Analista Ambiental Carolina Potter de castro da ICMBio, o treinamento ocorreu entre 16 e 19 de fevereiro e teve como objetivo explorar as ferramentas para manejo de trilhas terrestres especialmente em unidade de conservação, com vistas ao Parque Estadual da Serra Azul.

Estiveram presentes, a voluntária do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães Franciane dos Santos Silva, o coordenador geral de Uso Público e Negócios do ICMBio Sergio Henrique de Collaço de Carvalho, o co-idealizador de trilhas de longo percurso no país (Transcarioca e Caminho de Cora) e diplomata de carreira Pedro da Cunha e Menezes.

Dezesseis pessoas participaram da capacitação entre guias de turismo, equipe do Serra Azul (servidores, estagiário, brigadistas e membros do Conselho Consultivo), graduandos do curso de Turismo da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat/Nova Xavantina) e proprietários de atrativos turísticos.

Todas as parcerias formadas entre as diferentes instituições públicas da sociedade civil e privadas contribuem para enriquecer aspectos da gestão do Parque Estadual da Serra Azul, visando a sua reabertura ainda no primeiro semestre de 2019.

O Parque

O Parque Estadual da Serra Azul, criado em 1994 por iniciativa popular, localiza-se nos municípios de Barra do Garças e Araguaiana e está inserido no Bioma Cerrado. Possui diversas espécies da flora e da fauna endêmicas, destacando a espécie de peixe denominada “Astyanax xavante”.

Com a proposta de oferecer segurança aos visitantes e cumprir as recomendações do Ministério Público Estadual (MPE), a Sema executou a reforma da guarita da entrada principal e toda a reestruturação da área da escadaria e do Mirante do Cristo Redentor. A unidade de conservação (UC) foi fechada em agosto de 2014 depois que um incêndio queimou 80% da cobertura vegetal da área.

Desde então, a Sema, por meio da Gerência Regional, em parceria com o MPE/MT – Comarca de Barra do Garças, vem desenvolvendo ações para a reabertura da UC. Em dezembro de 2017, foi reaberta a entrada ao Parque via Escadaria da Fé, após o término da construção da guarita, melhorias na escadaria e revitalização dos Mirantes do Cristo Redentor e da Nossa Senhora.

Deixe um comentário