Cuiabá empata com Operário-VG na final e fica com título do Mato-grossense; acompanhe


0

O Cuiabá Esporte Clube e Operário decidiram, há pouco, na Arena Pantanal a final do Campeonato Eletromóveis Martinello e, com o empate, o Dourado foi campeão. Como venceu a primeira partida por 2 a 0, o Dourado poderia perder por até um gol de diferença que garantiria o título do Estadual. Os dois times vão para a Copa do Brasil do ano que vem.

Fim de jogo e Cuiabá é campeão Mato-grossense

Placar agregado Cuiabá 4 x 2 Operário

45 min – zagueiro do Cuiabá faz pênalti  e acaba expulso. Operário pode marcar mais um. Felype Hebert vai para cobrança e manda no canto esquerdo de Victor Souza.

Gooooollllll do Operário !

43 min – Cuiabá faz mudanças: Entrou Jailson no lugar de Matheus.

Gooooooooool do Operário
34 min – Alef marca o primeiro do Operário-VG. Ele recebeu e mandou de cabeça para balançar as redes de Victor Souza. (Placar agregado Cuiabá 4 x 1 Operário).

27 mim  – torcida do Cuiabá se empolga com resultado e tricampeonato.

Torcida do Dourado se antecipa e começa comemorar “É bicampeão”.(Placar agregado Cuiabá 4 x 0 Operário).

16 min – equipes mantém cautela  com jogadas e Cuiabá vai vencendo e se consagrando tricampeão.

5 min – Defesa do Cuiabá falha, Peixinho recebe sozinho e chuta forte. Victor Souza solta se estiva todo para defender gol cuiabano.

4 min – jogo morno e mais tranquilo sem muitas jogadas perigosas.

Equipes em campo e começa o segundo tempo da decisão do Estadual.

Intervalo – Equipes no vestiário

Fim do primeiro tempo!

47 min – Alê é o nome dele. Recebeu sozinho de fora da grande área para ampliar a vantagem do Cuiabá. Terceiro dele no Estadual.

45 min – Abner tenta sozinho, enfrenta dois zagueiros do Cuiabá e acaba neutralizada. Operário no SUFOCO.

42  min – Cuiabá marcar mais um, mas auxiliar aponta impedimento.

38 – Operário se mantém insistente em marcar e descontar resultado. Placar garante bicampeonato para o Cuiabá.

34 min – estilo ‘Usain Bolt’- Alef  do Operário recebeu bom lançamento e tentou alcançar a bola em velocidade, mas foi muito forte. Voltou reclamando de dores na perna!

Goooooooooool do Cuiabá

34 min – estilo ‘Usain Bolt’- Alef  do Operário recebeu bom lançamento e tentou alcançar a bola em velocidade, mas foi muito forte. Voltou reclamando de dores na perna!

33 min – setor defensivo do Operário falha, Marino recebeu livre e solta uma bomba. A bola subiu muito.

32 min – Junior Todinho chega pela lateral, faz bom giro e acaba neutralizado pela zaga do Operário

31 min – jogo é retomado. Saída de bola com Operário que insiste pela lateral.

28 min – Alinor Silva da Paixão faz parada técnica para hidratação dos jogadores. Técnicos aproveitam para orientar jogadores.

Muito quente em Cuiabá!

26 min – Alê faz jogada com Junior Todinho, chuta forte e faz Naldo se movimentar no gol.

20 min – Operário tenta descontar o placar fazendo lançamento em Abner, mas sem sucesso.

Goooooooooool do Cuiabá

16 min – Marino marcou o primeiro para o Cuiabá. A bola sobrou, ele não perdoou e abriu o marcador. Segundo de Marino da competição. (Placar agregado Cuiabá 3 x 0 Operário).

14 min – Operário perdeu mais um oportunidade de marcar. Yan Petter recebeu pela lateral muito próximo do gol de Victor Souza, chutou e a bola parou na defesa cuiabana. Só escanteio.

12 min – NO REBOTE – Operário quase abriu o placar. Na disputa na pequena área a bola sobrou para Vinicius, que chutou forte e Victor Souza salvou o Dourado.

7 min – Cuiabá pressiona pela lateral direita e solta uma bomba. Bola bateu na defesa do operário. Segunda chance de gol do Dourado.

5 min  – Naldo trabalhou e buscou longe para salvar o Operário. Por muito pouco o Cuiabá não abriu o placar.

4 minutos – Cuiabá faz marcação forte e equipe do Operário busca resultado tentado abrir jogas pela lateral.

No primeiro minuto de jogo, Abner se livrou da marcação e soltou uma bomba na área do Cuiabá.

 

O jogo – Rola a bola na Arena Pantanal para  decisão final do Estadual 2019.

Torcedores chegando na Arena Pantanal. Nesse jogo o mandante é o Dourado, que colocou os ingressos a venda por preços promocionais, R$ 10 inteira e R$ 5 meia entrada.

Equipes em campo, perfiladas cantando o hino nacional brasileiro. Vai começar o jogo que definirá o campeão Mato-grossense 2019. Apita final o árbitro Alinor Silva da Paixão, com auxiliares Gislan Antônio Garcia, Renan Angelim e João Paulo Reveles será o quarto árbitro.

Times escalados

Cuiabá: Victor Souza, Toty, Douglas Mendes, Edson Borges, Escobar, Danilo, Alê, Marino, Matheus Pato, Valdeir e Júnior Todinho.

Operário: Naldo, Anderson, Alef, Wisley, Léo Gharib, Gil Mineiro, Felype Hebert, Yan Petter, Abner, Vinicius e Alex Augusto.

Aquecimento
Equipes do Cuiabá e Operário entram há pouco no campo e fizeram aquecimento com seus preparadores físicos.

Se não perder para o Operário-VG, o Cuiabá levará o tricampeonato invicto e chega a uma série de 30 jogos sem perder no Estadual. Ambos os times já garantiram participação da Copa do Brasil e Copa Verde de 2020. A última participação do Operário nas duas competições nacionais ocorreu em 2016.

Redação Só Notícias (fotos: assessoria/arquivo)

Deixe um comentário