Arena Pantanal receberá jogadores históricos de Flamengo e Corinthians


0

Os corintianos Amaral, Basílio – herói do título de 1977, Ronaldo Giovanelli, Dinei e o zagueiro Chicão. Os ídolos flamenguistas Andrade, Nélio, Ronaldo Angelim, Cláudio Adão e Beto Cuiabano. Esses foram alguns dos nomes anunciados na coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira (02.05), pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel/MT) e organizadores do clássico máster entre Corinthians e Flamengo. 

O duelo entre os dois times mais populares do Brasil será realizado no dia 18 de maio, às 18h, na Arena Pantanal e reunirá ex-jogadores das duas equipes.

De acordo com os organizadores do evento, nas próximas semanas haverá confirmações de mais alguns craques, tanto do Corinthians quanto do Flamengo. “Não é fácil reunir essas estrelas do futebol. Como muitos deles moram em Estados diferentes há um grande esforço para juntar o grupo. Há possibilidades de confirmar outros nomes para que o máximo de estrelas do futebol possa abrilhantar essa festa na Arena Pantanal”, revela Allan Luz, diretor da empresa Sprimt Esportes, uma das organizadores do clássico.

Batizado como ‘Os Craques estão de Volta’, o clássico máster terá, como jogo de abertura, um confronto entre os meninos das Escolinha do Flamengo, de Cáceres, e da Boa Semente, de Santo Antônio do Leverger, às 17h. 

Para o secretário da Secel, Allan Kardec, o amistoso é uma oportunidade para a população rever seus ídolos futebolísticos, ter um momento de lazer com a família e usufruir da estrutura da Arena Pantanal. “Queremos trazer cada vez mais grandes jogos para cá. E a gente está trabalhando para melhorar a qualidade do estádio, diminuir o custo dele. Além de gerar um equilíbrio em seu uso, queremos que as famílias possam desfrutar desse patrimônio que é de todos nós”.

Os ingressos da partida já estão à venda nas Lojas Tonon dos shoppings de Cuiabá e Várzea Grande, aos preços de R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia), nos setores leste e oeste inferior, e a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), nos setores leste e oeste superior. Os torcedores também devem levar um kg de alimento não-perecível para doação a entidades de caridade. 

Investimentos e uso da Arena Pantanal

O secretário da Secel, Allan Kardec, falou sobre os investimentos de mais de R$ 300 mil que já foram feitos em pequenos reparos recomendados pelo Corpo de Bombeiros e pela Vigilância Sanitária para garantir o calendário de jogos no estádio. “Acabamos de conseguir o alvará de segurança contra incêndio e pânico válido por dois anos. Atendemos as necessidades para assegurar o pleno funcionamento nos dois maiores setores da Arena, o leste e o oeste. A expectativa é de que em até 120 dias consigamos as liberação dos outros dois setores”.

Desde o início da gestão da Secel na Arena Pantanal, em janeiro deste ano, houve troca de 890 luminárias de emergência, manutenção de 132 portas corta fogo, teste hidrostático de 149 hidrantes e de 297 mangueiras de incêndio, manutenção de 214 detectores de fumaça, manutenção e vedação de 157 unidades de válvulas hidrantes e retirada de 400m de estruturas provisórias que atrapalhavam a sinalização.  O estádio ainda recebeu diversas outras ações de melhoria, como dedetização, limpeza em todas as caixas d’água, controle da água, recuperação do telão, etc. 

Além do duelo entre Corinthians e Flamengo, a Secretaria espera receber outros grandes jogos no estádio com o apoio da Federação Mato-grossense (FMF) e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). “Nosso gramado é um dos melhores do país. Teremos 19 jogos da série B do Brasileirão e mais uns amistosos neste ano. Mas um estádio como esse, que foi sede de Copa do Mundo e com todo investimento que teve, merece muito mais jogos com boa lotação. A gente está trabalhando para que isso aconteça”, afirma Allan.

A Secretaria também não descarta receber outros eventos que não seja futebol na Arena Pantanal, nos intervalos ou após calendário oficial da FMF e da CBF.  O secretário Allan Kardec esclareceu que há condições de receber outras atividades, como shows. “Podemos fazer parcerias para ocupar a parte interna com grandes eventos. Mas para isso, teremos que ter as garantias de que nem o calendário oficial e nem o gramado sejam prejudicados. Já recebemos consultorias informando que existe essa possibilidade, com a aquisição de um seguro e com a utilização do mesmo tablado usado em shows no Allianz Parque, que possibilita a fotossíntese e a irrigação do gramado”.

Deixe um comentário