Se cuida, Neymar? Suárez se aproxima do amigo em artilharias históricas


0
© Getty Images

Portal: Portal MSN

O gosto amargo do empate por 2 a 2 do Uruguai com o Japão não impediu que Luis Suárez tivesse algo para comemorar. Afinal, o atacante deixou sua marca na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, e deu mais um passo em duas disputas de artilharias históricas.

O goleador máximo na história da seleção uruguaia foi a 58 tentos com a Camisa Celeste e está apenas dois atrás de Neymar, que é o quarto maior artilheiro de uma seleção entre os jogadores que estão em atividade.

O atacante do Paris Saint-Germain marcou 60 vezes pelo Brasil e está oito atrás de Lionel Messi e do indiano Sunil Chhetri. O líder da lista é Cristiano Ronaldo, que já foi às redes 88 vezes com a camisa de Portugal.

Além disso, Suárez também é o quinto colocado entre os maiores artilheiros na história de uma seleção sul-americana. Ronaldo Fenômeno é o terceiro colocado da lista, com 62 tentos, 15 atrás de Pelé, que está no topo da lista.

O camisa 9 ainda deixou sua marca pelo Uruguai na terceira partida seguida, algo que conseguiu apenas outras duas vezes na carreira. Dessa forma, diante do Chile, na segunda-feira, no Maracanã, terá a chance de alcançar uma sequência que jamais obteve.

Em partidas de Copa América, já são quatro duelos consecutivos com El Pistolero balançando as redes. Ele tornou-se o terceiro a alcançar o feito, depois de Pedro Petrone (1923-24) e Severino Varela (1937-39). No caso de Petrone, ele ainda estendeu a série para cinco jogos.

Deixe um comentário