Náutico empata nos acréscimos, bate Paysandu nos pênaltis e sobe para a Série B


0
© Reprodução/Twitter/@nauticope

Fonte: Msn

No ano em que voltou a atuar oficialmente nos Aflitos, o Náutico aproveitou a atmosfera mística do seu estádio e o transformou em palco do acesso à Série B do Campeonato Brasileiro, depois de muita emoção na noite deste domingo. E tudo aconteceu de forma dramática.

O time pernambucano perdia por 2 a 0 para o Paysandu, no jogo de volta das quartas de final da Série C, mas buscou o empate por 2 a 2 no último minuto de jogo, com Jean Carlos, e garantiu o acesso com vitória por 5 a 3 na disputa de pênaltis. O jogo de ida terminou empatado sem gols em Belém (PA).

Depois de dois anos na terceira divisão, finalmente o Náutico voltará a jogar a Série B. No ano passado, também chegou às quartas da Série C, mas perdeu o acesso para o Bragantino, naquela época jogando na Arena Pernambuco.

Na atual temporada, o clube voltou a mandar partidas nos Aflitos, onde não atuava oficialmente desde 2014. O estádio tem muita história e foi palco da famosa Batalha do Aflitos, há 14 anos, jogo no qual o time de Recife perdeu o acesso à elite do Brasileiro para o Grêmio.

Do lado do Paysandu, ficam os lamentos. Rebaixada na temporada passada, a equipe paraense não esperava estender a estadia na terceira divisão, mas terá de fazer companhia por mais um ano ao eterno rival Remo, eliminado ainda na fase de grupos pelo próprio Paysandu.

No confronto deste domingo, o visitante saiu na frente com um gol de Vinícius Leite, aos 24 minutos, e depois ampliou com Nicolas, de letra, aos nove minutos do segundo tempo. Tudo parecia caminhar para o acesso, mas o Náutico reagiu. Diminuiu com Álvaro, de cabeça, aos 19, e empatou com Jean Carlos, de pênalti, aos 52 minutos.

Nos pênaltis, Jefferson, do Náutico, impediu o gol de Wellington Reis, na terceira cobrança do Paysandu. Depois Josa converteu para os alvirrubros e Uchôa para os bicolores. Por fim, Matheus Carvalho balançou as redes na quinta cobrança do Náutico e garantiu o acesso. No momento seguinte, a torcida veio abaixo e invadiu o gramado.

Já garantido na Série B, o Náutico ainda vai continuar lutando pelo título. O seu adversário nas semifinais vai sair do confronto entre Juventude e Imperatriz, nesta segunda-feira. No sábado, Sampaio Corrêa e Confiança tinham garantido o acesso e farão a outra semifinal, também em dois jogos.

A rodada de volta vai terminar nesta segunda-feira à noite. A partir das 20 horas, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS) o Juventude vai enfrentar o Imperatriz. No jogo de ida, no Maranhão, houve empate sem gols. Agora, quem vencer chega às semifinais e garante o acesso à Série B em 2020. Se ocorrer novo empate, por qualquer placar, a vaga e o acesso serão definidos nas cobranças de pênaltis.

Confira os jogos de volta das quartas de final:

Sábado

Sampaio Corrêa-MA 3 x 2 São José-RS (ida 0 x 0)

Ypiranga-RS 1 x 1 Confiança-SE (ida 0 x 1)

Domingo

Náutico-PE 2 (5) x (3) 2 Paysandu (ida 0 x 0)

Segunda-feira

20h – Juventude-RS x Imperatriz-MA (ida 0 x 0)

Deixe um comentário