Anitta se recupera de intoxicação alimentar: ‘Muitos dias de cama’


0
© Foto: Instagram/@anitta

Fonte: Msn

Anitta revelou aos fãs na noite desta quarta-feira (28) que enfrentou uma intoxicação alimentar nos últimos dias e por isso esteve afastada das redes sociais. A ‘poderosa’ comentou a situação depois de ser questionada por uma fã, que brincou que a cantora havia “sumido” dos stories do Instagram por vários dias e que do nada havia voltado para o Twitter.

“Meu amor, realmente sumi, pois tive uma intoxicação alimentar que me deixou muitos dias de cama. Estavam (equipe) postando nas redes por mim. Mas hoje acordei me sentindo muito melhor e peguei mais um pouco o celular”, disse ela em publicação no Twitter.

Diversos fãs se surpreenderam com a revelação e desejaram melhoras para a cantora na sequência. “Ficamos preocupados, mulher! Não some assim mais”, disse um dos seguidores. “A gente estava morrendo de saudades”, afirmou outra. “Não fica comento qualquer coisa”, brincou uma terceira.

Assim como outros famosos, Anitta usou as redes sociais nesta quarta-feira (28) para se posicionar contra um decreto publicado na terça-feira (27) pelo presidente Jair Bolsonaro em relação ao Sistema Único de Saúde brasileiro (SUS).

A cantora já havia defendido sua posição anteriormente, mas decidiu rebater algumas críticas que recebeu e estender sua opinião no Twitter, endereçando duras críticas ao presidente.

“Se eu entendi certo o raciocínio deste governo…1. Vai liberar os venenos todos na comida, os agrotóxicos, produção em massa… “que se danem os produtores orgânicos. 2. Quem tem dinheiro busca o alimento menos assassino pra por no prato (mais caro). Quem não tem vai no que dá. A comida cheia dos venenos deixa a pessoas cheias dos problemas de saúde. 4. Quem tem dinheiro paga o hospital. Quem não tem… SUStenta na força porque o SUS não vai ter mais. Seria essa a sequência? Que merda! O projeto pra melhorar a economia é matar quem tem menos? Aí diminui a pobreza no país?”, escreveu Anitta na sequência.

Não foi apenas Anitta que se pronunciou nas redes sociais a respeito do tema. Outros artistas, como Emicida, Daniela Mercury, Leandra Leal, Tati Quebra Barraco e Bruno Gagliasso também se posicionaram contra o decreto.

O objetivo é pedir estudos para avaliar a possibilidade de conceder à iniciativa privada as UBSs (Unidades Básicas de Saúde), a porta de entrada para o SUS (Sistema Único de Saúde). Segundo alguns críticos, a medida governamental abre espaço para a privatização da saúde pública no país.

Deixe um comentário