500 mil mortos por Covid: famosos lamentam marco trágico da pandemia

Alguns foram às ruas, outros se posicionaram na internet; entre os nomes estão Luciano Huck, Mônica Martelli, Duda Beat e mais

0
Reprodução Twitter Mônica Martelli protesta contra Bolsonaro nas ruas de São Paulo

Após o  Brasil atingir a marca 500 mil mortes pelo novo coronavírus (Sars-coV-2),  protestos contra Jair Bolsonaro (sem partido) foram realizados em diferentes regiões do país. Entre os participantes, tiveram famosos que foram às ruas ou que apenas se posicionaram nas redes sobre o assunto.

Luciano Huck, por exemplo, usou as redes sociais no sábado (19) para lamentar as “histórias e sonhos interrompidos”. O apresentador da Globo, que substituirá Faustão nos domingos, ainda aproveitou a oportunidade para criticar o governo federal pela falta de agilidade para disponibilizar vacinas contra Covid-19.

“Triste demais: 500 mil vítimas da Covid-19. São vidas, histórias e sonhos interrompidos. Famílias arruinadas. Amores sabotados. Em cem anos, é a maior tragédia sanitária, social, educacional e política do país. Dava pra ser diferente. O negacionismo mata”, escreveu Luciano Huck no Twitter.

Fonte: Portal IG 

Deixe um comentário