Bolsonaro ridiculariza protestos e silencia sobre 500 mil mortes por Covid-19

O presidente publicou em seu Twitter um vídeo de poucos manifestantes em um ato em Paranaguá/PR para minimizar os protestos; sobre a marca de meio milhão de mortes, se calou

0
Agência Brasil Presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) escolheu se calar e não lamentar a  marca de 500 mil mortos por Covid-19 atingida pelo Brasil neste sábado (19). Nas redes sociais, o mandatário preferiu ridicularizar as manifestações da oposição, que reuniram milhares de pessoas em mais de 300 cidades do país.

Os protestos, minimizados por Bolsonaro, aconteceram em  todos os estados e no DF, e foram, em geral, maiores que os últimos [do dia 29 de maio]. Na Avenida Paulista, em São Paulo, manifestantes ocuparam 9 quarteirões. (Veja abaixo).

Protesto contra Bolsonaro na Avenida Paulista
Reprodução

Protesto contra Bolsonaro na Avenida Paulista
Fonte: Portal IG

Deixe um comentário