“Será importante para nós LGBTQIA+ e vai encorajar outras pessoas”, afirma casal que escolheu formalizar união no Casamento Abençoado

O evento é idealizado pela primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, e será realizado no domingo (10.10), no Ginásio Aecim Tocantins

0
Reprodução

Não existe uma regra para o amor. É possível conhecer alguém e construir uma vida juntos com ajuda das redes sociais. Foi dessa forma com Adriano Souza e Deuvison Ferreira, que irão realizar o sonho de oficializar a união no Casamento Abençoado. O evento é idealizado pela primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, e será realizado no domingo (10.10), no Ginásio Aecim Tocantins. Na ocasião, aproximadamente 1.150 casais também aguardam para dizer o tão esperado ‘eu aceito’.

Adriano conta que, desde o início da conversa com Deuvison, já sentiam muitas coisas em comum e conforme os dias foram passando o relacionamento foi ficando mais firme. “Em setembro completamos dois anos morando juntos e que será comemorado com o nosso casamento”, afirma.

Ele ainda revela que passaram por um momento difícil durante a pandemia, quando os dois ficaram desempregados.  “Eu sou profissional de educação física, Deuvison trabalhava como chefe em um restaurante e tínhamos acabado de fazer um contrato de aluguel. Criamos força para saber que não era só esse sentimento de amor entre companheiros, mas de acolhimento, que eu não soltaria da mão dele na hora mais difícil e ele também não me desampararia”, lembra Adriano.

Para Deuvison, este período foi de conhecimento para ambos já que passaram muito tempo juntos. “Acho que a nossa relação só se fortaleceu. Ele se mostra forte, mas é bem frágil, mais sentimental. Eu sou um pouco mais resistente, foi um momento que nos tornou mais fortes”, conta.

O casal relatou que o Casamento Abençoado possui um valor muito importante, que vai além da certidão de casamento e do compromisso de um com o outro, mas principalmente para os casais LGBTQIA+.

“Infelizmente vivemos numa sociedade que não é fácil de se falar sobre relacionamento homoafetivo. Quando soubemos que dois homens podiam ser unir nesse grande evento, ficamos muito felizes. Escolhemos oficializar nossos votos nesse evento porque ele será importante também para nós LGBTQIA+. Ele vai dar um significado diferente para outras pessoas e dar encorajamento para os próximos eventos”, diz Adriano.

Deuvison comenta que a cerimônia é muito importante para as respectivas famílias e que estão muito felizes pelo casal estar concretizando esse sonho. “Eles não veem a hora de chegar o dia do Casamento Abençoado. São pessoas maravilhosas e que sempre estiveram ao nosso lado. É um vínculo que estamos criando com as famílias, um simbolismo para a nossa união. A minha mãe também vai casar junto conosco no evento, depois de vinte e três anos junto com o meu padrasto. Então é emoção em dose dupla’, comenta.

Adriano declara que esta ação do Governo do Estado é muito importante para as pessoas que estão construindo uma vida juntos e não possuem condições de arcar com as despesas, tendo assim, a oportunidade de casar no civil. “O Casamento Abençoado traz oportunidade para as pessoas que não têm condições. Também mostra o quanto o interesse do Governo do Estado na defesa dos direitos LGBTQIA+. Esta ação do Governador Mauro Mendes e da primeira-dama, Virginia Mendes, está ajudando a realizar os sonhos de muitas pessoas”, declarou o noivo.

CASAMENTO ABENÇOADO

O Casamento Abençoado é uma ação coordenada pela primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, por meio da Unidade de Ações Sociais e Atenção à Família (UNAF), e execução direta da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setacs) e tem objetivo oportunizar de forma gratuita aos casais, com renda total de até três salários mínimos e cadastrados no CADÚnico, a segurança jurídica por meio da regularização civil matrimonial, além de possibilitar o fortalecimento da união familiar.

Fonte: Governo-MT

Deixe um comentário