Importação de carne bovina brasileira certificada antes da suspensão é liberada pela China


0
Reprodução

A Administração Geral de Alfândegas da China (GACC) informou que foi liberada a importação de lotes de carne bovina brasileira, que foram certificados antes do embargo do dia 4 de setembro. A suspensão das importações ocorreu por causa de dois casos de vaca louca identificados em Minas Gerais e Mato Grosso.

A China é o maior comprador de carne bovina brasileira. O embargo, que completou 80 dias nesta terça-feira (23), prejudicou os produtores de Mato Grosso, Estado responsável pela maior produção de gado bovino no Brasil.

Vale reforçar, no entanto, que. de acordo com o G1, o retorno não foi total, vale apenas para lotes certificados antes do embargo do dia 4 de setembro. O Ministério da Agricultura ainda está em tratativas para liberar os produtos exportados depois de 4 de setembro, que não passaram pela alfândega na chegada à China.

Fonte: Olhar Agro & Negócios

Deixe um comentário