Pai acusado de abandonar e causar a morte de filha é liberado pela justiça


0
Reprodução

Justiça Estadual decidiu por não converter em preventiva a prisão em flagrante decretada em face de policial civil de 65 anos apontando como suposto autor do crime de abandono de incapaz, com resultado morte.

A vítima, identificada como Simone San Martin Paixão, 41 anos, filha do suspeito, foi encontrada morta na quinta-feira (6), em um casa no bairro Construmat, em Várzea Grande.

De acordo com o boletim de ocorrência, os agentes militares foram solicitados por volta de 11h. No local, a vítima foi encontrada morta, deitada de lado em um colchão de solteiro, na sala da casa. A mulher apresentava visíveis sinais de desnutrição.

Durante o atendimento, os policiais foram informados que o pai da vítima havia viajado para uma chácara e deixado cinco filhos na casa. Todos eles apresentavam deficiência mental, segundo o boletim.

Ao conceder liberdade, a Justiça salientou que, na suposta procedência dos fatos em desfavor do indiciado, o regime inicial de cumprimento da pena a ser fixado não será o fechado, em razão de sua primariedade.

“De antemão, se vislumbra que neste caso em concreto não há necessidade de sua custódia cautelar”, alertou o juiz Abel Balbino Guimarães, da Quinta Vara Criminal de Várzea Grande.

O suspeito deve cumprir medida cautelar de comparecer a todos os atos investigatórios e judiciais para os quais for intimado e justificar suas atividades laborais.

 

Fonte: Olhar Jurídico

 

Deixe um comentário