Mato Grosso registra em 12 dias a fuga de 21 detentos em três presídios diferente


0
Reprodução

Em apenas 12 dias deste ano, 21 detentos conseguiram escapar de três unidades prisionais diferentes em Mato Grosso, sendo duas delas localizadas na região metropolitana de Cuiabá. Os fatos acontecem pouco tempo depois de encerrada a greve dos policiais penais, que pedem melhorias para a categoria. Do montante que escapou, alguns foram presos, outros mortos, mas a maioria está foragida.

A primeira fuga, e a maior delas, aconteceu no dia 03 de janeiro, na Penitenciária Major PM Zuzi Alves da Silva, em Água Boa (743 quilômetros de Cuiabá). O túnel foi cavado no raio Azul da Ala 1, saindo do banho de sol para fora da galeria, chegando até a área da muralha.

No total, foram 14 os criminosos que conseguiram fugir. Na segunda-feira (10), policiais penais da Penitenciária de Água Boa prenderam três fugitivos na região de Serra Dourada, no município de Canarana (a 648 km de Cuiabá). Os suspeitos estavam com algumas escoriações, da fuga, e foram encaminhados ao Hospital Regional Paulo Alemão em Água Boa.

Os fugitivos foram identificados como: Amarildo Roberto da Silva Junior, Cleverson Alves da Silva, Edinei Abrão Rodrigues, Euziques Matos da Silva Neto, Gederlan da Silva Souza, Helio Candido Fernandes, Joab da Silva Pontes, Leonardo Gabriel dos Santos, Luan Carlos Valentim de Souza, Maykon José Cohgi, Robson Ferreira de Souza, Thiago Ferreira de Araújo, Thiago Vinicius Barbosa da Silva e Weste Junio Nunes Gama.

Na noite de ontem (12), um dos presos que fugiram de Água Boa morreu  após confronto com a Força Tática, próximo a Canarana. Ele foi identificado como Weste Junio Nunes Gama.

Na segunda-feira (10), dois  presos conseguiram fugir da Penitenciária Central do Estado (PCE), enquanto faziam serviço fora da cela. Um terceiro elemento também pulou o muro, mas acabou capturado logo em seguida.

Os dois foragidos foram identificados como: Antonio Carlos Rodrigues Alves e Evaldo Ferreira Lemes. Antonio estava de forma provisória na unidade e ocupava uma cela na raia 04. Evaldo é condenado e estava situado na raia dos trabalhadores.

A fuga aconteceu por volta de 12h30 desta segunda-feira, quando os presos faziam serviços fora da cela e teriam aproximado de um canto do muro e pulado. Um deles acabou capturado e informou que os outros dois pegaram carona para a cidade de Rondonópolis (215 quilômetros de Cuiabá).

A última fuga aconteceu na noite de ontem (12), quando cinco presos fugiram do Complexo Penitenciário Ahmenon Lemon Dantas, localizado em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).

Os fugitivos aproveitaram uma queda de energia devido a um temporal que atingiu a região e conseguiram fugir no momento em que estava sendo servido o jantar.

Os recuperandos foram identificados como: Jeferson Matheus dos Santos de Oliveira, Luiz Felipe de Souza Marques, Admilson Oliveira Cruz, Leandro Peron e Leonei Thiago Ardaia Reis.

Fonte: Olhar Direto

Deixe um comentário