Prefeitura de Cuiabá notifica Governo do Estado e cobra cronograma de conclusão da obra na Trincheira Jurumirim

A medida segue uma determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, que cobra uma data exata para liberação da estrutura

0
Reprodução

A Secretaria Municipal de Obras Públicas enviou nesta quarta-feira (12) um ofício à Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) solicitando informações acerca do andamento da obra de correção na estrutura da Trincheira Jurumirim, situada na Avenida Miguel Sutil. A medida segue uma determinação do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, que cobra a divulgação de uma data exata para conclusão da intervenção.

O documento, assinado pelo vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, José Roberto Stopa, destaca que o Município é ciente da importância do trabalho realizado no local, mas há também uma grande preocupação com os transtornos que vêm sendo gerados à população, por conta da interdição. Dessa forma, o oficio pede ao órgão estadual que forneça um cronograma com o prazo para conclusão da obra.

“Estamos notificamos para saber exatamente quando que vai ser entregue. Sei que há atrasos em obras. Às vezes não sai como a gente quer, precisa fazer alguma adequação, ocorre uma surpresa aqui outra acolá, mas precisa ter data para liberar logo o trânsito na Trincheira Jurumirim”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro em entrevista concedida à imprensa na segunda-feira (10).

A obra na Trincheira Jurumirim é de responsabilidade do Governo do Estado de Mato Grosso e foi iniciada em junho de 2021. O local precisou ser interditado para que a Sinfra pudesse realizar a correção de um problema no sistema de drenagem de águas pluviais, tanto na pista de rolamento quanto nas paredes da estrutura. A previsão divulgada na época era de sete meses de trabalho.

A Trincheira Jurumirim faz parte do pacote de grandes obras executadas por conta da Copa do Mundo de 2014, em que Cuiabá foi escolhida uma das subsedes. Orçada em 50 milhões, a estrutura de concreto foi liberada para o trânsito de veículos mesmo sem estar 100% concluída. Agora, o trabalho de recuperação recebe a aplicação de mais R$ 14,2 milhões.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá

Deixe um comentário