Polícia Civil recupera quantia de R$ 3,2 mil subtraída de vítima de fraude eletrônica


0
Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

Quantia subtraída de vítima de fraude eletrônica foi recuperada pela Polícia Civil, na quinta-feira (21), após ação da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos em parceria com a Delegacia de São Félix do Araguaia.

A vítima de 23 anos procurou à Polícia Civil de São Félix do Araguaia, para registrar a ocorrência de estelionato por meio da internet.

O comunicante informou que anunciou no site da OLX, a venda de uma motocicleta, quando uma pessoa entrou em contato interessada no veículo. Ambos passaram a conversar e a negociar .

Após acordo o dono da moto entregou o veículo para um terceiro, o qual estava negociando um terreno com o golpista. Na sequência o suspeito mandou um comprovante de transferência via TED falso, uma vez que o valor não foi creditado na conta da vítima.

Ao perceber que haviam caído em um golpe, a vítima já havia feito a transferência do veículo para o nome do terceiro interessado, bem como este havia feito o pagamento da motocicleta para a conta bancária indicada pelo suspeito.

Diante dos fatos, a DRCI foi imediatamente acionada e através de parceria com o Setor de Anti Fraude do banco, conseguiu o bloqueio de R$ 3,2 mil, subtraído do terceiro interessado.

FONTE:OLHAR DIRETO

Deixe um comentário