Seis são presos por uso e tráfico de drogas em cinco cidades no final de semana


0
Maricelle Lima Vieira | PMMT
Fonte: PMMT
Policiais militares de Cuiabá, Rondonópolis, Tangará da Serra, Confresa e Jucimeira prenderam seis pessoas por uso e tráfico de drogas no sábado e domingo (05 e 06.10). Dois adolescentes foram apreendidos.

Em Rondonópolis, no bairro Jardim Adriana, foram presos os homens identificados como I.R.S. (18 anos), J.P.R.M. (19) e W.B.A. (23). Um adolescente de 15 anos estava com o trio e foi apreendido. Com o grupo, que perambulava pelas ruas do bairro, foi encontrada uma porção  de maconha. Um deles é monitorado por tornozeleira eletrônica, por roubo à residência. Os moradores chamaram a PM devido à incidência de furtos nas casas do bairro.

Em Cuiabá, no bairro João Bosco Pinheiro, os policiais prenderam P.P.G.P.S. (23), quando estavam em patrulhamento. P. estava em uma área conhecida pela presença de usuários de droga. Em seu bolso foram encontradas porções de pasta base de cocaína e cocaína, além de dinheiro.

Droga apreendida em Juscimeira   Foto: PMMT

Em Tangará da Serra, E.H.M. (26), foi preso depois que uma denúncia o apontou como vendedor de droga em uma lanchonete, na área central. Os policiais foram até o local e encontraram E., que carregava no bolso porções de pasta base de cocaína e dinheiro.

Em Confresa, os militares estavam em patrulhamento pela Avenida Industrial quando viram L.A.S. (46), jogar um objeto no chão quando viu a viatura. Os agentes resolveram abordá-lo e encontraram porções de crack e dinheiro, em seu bolso. No local, havia mais porções de crack e cocaína que foram jogados.

Em Juscimeira, os policiais estavam em ronda durante uma festa na cidade quando foram informados que um adolescente de 16 anos estaria traficando no local. Na busca, o suspeito foi localizado e com ele 23 papelotes entre cocaína, pasta base de cocaína e maconha.

Droga apreendida no bairro João Bosco Pinheiro     Foto: PMMT

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Deixe um comentário