Cuiabá faz gol milagroso no fim, bate o Paysandu nos pênaltis e é campeão da Copa Verde


0
Foto: AssCom Dourado

Fonte: Olhar Direto

O Cuiabá Esporte Clube mais uma vez fez uso do ‘milagre’ para sagrar-se bicampeão da Copa Verde. Desta vez, a equipe mato-grossense conseguiu um gol praticamente no último minuto, após bola cruzada na área para igualar o duelo. Nos pênaltis, o time paraense teve a chance de fechar a série de cobranças, mas perdeu duas delas e deixou o título para o ‘Dourado’. (veja os melhores momentos no fim da matéria

O Cuiabá foi até o Pará em busca de reverter o placar de 1 a 0, que sofreu na Arena Pantanal. Demorou mais que os habituais 90 minutos para o ‘Dourado’ conseguir chegar ao empate.

Aos 49 minutos do segundo tempo, o time mato-grossense teve a marcação de uma falta. Todos os atletas do ‘Dourado’ foram para a área, inclusive o goleiro Victor Souza. Mas foi Paulinho quem colocou a cabeça na bola e a mandou para o fundo das redes, marcando o tento milagroso.

Após o apito final, foi a vez da disputa dos pênaltis. O Cuiabá levou um banho de água fria na primeira batida, realizada por Ednei, defendida pelo goleiro do Paysandu, Giovanni.

Depois disto, todos converteram seus pênaltis. Paulinho teve a missão de manter vivo o Cuiabá na disputa e marcou o gol. Caíque então teve o título nos pés, mas após uma lenta ida para a bola, errou a cobrança.

No fim, Marques converteu o seu pênalti para o Cuiabá e Nicolas bateu no travessão, dando o título, mais uma vez milagroso, para os mato-grossenses.

Vale lembrar que na primeira conquista do Cuiabá, curiosamente contra o Remo (em 2015), rival do Paysandu, os mato-grossenses reverteram um placar de 4 a 1, após vencerem por 5 a 1, no que ficou conhecido como o ‘Milagre do Pantanal’.

Veja os melhores momentos:

Deixe um comentário