Emanuel diz que vai conversar com Bezerra sobre apoio a Júlio Campos no Senado


0
Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Fonte: Olhar Direto

O pré-candidato ao Senado pelo Democratas, ex-senador e ex-governador Júlio Campos, pode contar com o apoio do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB). Apesar da cúpula do partido de Júlio demonstrar que o grupo é rompido com o gestor, Julio e Emanuel nutrem uma amizade muito próxima, que pode render, inclusive, o chefe do Executivo no palanque de Campos na disputa suplementar.

Em recente entrevista, Emanuel confirmou que ficaria feliz se Júlio fosse eleito para senador, pois seria mais uma força da baixada cuiabana em Brasília, mas ainda precisa conversar com Carlos Bezerra, presidente estadual do MDB, sobre apoio a Júlio Campos.

“É um caminho. Vamos ter outra reunião, quero conversar com o Carlos Bezerra para poder avançar nesta questão”, diz Emanuel, que já consultou algumas pesquisas e viu que Júlio está em primeiro em todas. “Em todas pesquisas quantitativas internas, Júlio Campos sai em primeiro lugar. Agora precisamos definir se faremos uma qualitativa, não sei se teremos tempo, e ver como iremos definir o nome deste grupo”, completou.

Apesar das brigas de Emanuel com o governador Mauro Mendes (DEM) e a rejeição da executiva do partida em apoiar o prefeito na reeleição deste ano, Emanuel e Júlio demonstram que deixam isso de lado e mantém proximidade política e amigável.

“Eu me sentiria contemplado com o Júlio Campos em nome da baixada cuiabana e em nome da unidade de todo Mato Grosso. Mas quero ouvir meu partido, o Carlos Bezerra, porque gostaria do MDB junto conosco nesta missão”, concluiu o prefeito.

Por enquanto, Júlio Campos é nome do DEM para disputa suplementar ao Senado, na vaga de Selma Arruda, cassada por crimes eleitorais. A decisão de nomes como suplentes e apoiadores só será definida no dia da convenção, em 12 de março.

Deixe um comentário