Forças de segurança irão realizar blitzes em todos dias de Carnaval


0
Foto: Gabriel Aguiar Sesp/MT

Fonte: Olhar direto

As forças de segurança do Estado de Mato Grosso irão reforçar as ações de fiscalização durante os dias de Carnaval. Entre os dias 21 e 26 de fevereiro serão realizadas blitzes em pontos estratégicos, não divulgados. A Operação de Carnaval tem como objetivo intensificar ações policiais dos órgãos que compõem a Sesp, como Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Civil, Politec, IML, Cioaper e Sistema Penitenciário, para redução dos índices criminais durante os eventos festivos e religiosos.

O público estimado é de 230 mil pessoas, em 23 municípios de Mato Grosso. No Estado serão 29 pontos festivos, ou seja, houve um aumento de 20%. Em 2019 foram 21 pontos em 24 municípios.

Antes mesmo do lançamento da Operação, o Corpo de Bombeiros já atuava na análise de projetos dos eventos, vistorias e interdições de embargos. Agora será feita a fiscalização em ponto-base, combate de incêndio, salvamento e atendimento pré-hospitalar.

A Polícia Judiciária Civil também receberá reforço de 72 policiais na baixada cuiabana e 76 no interior de Mato Grosso. O Sistema Penitenciário e Sócio Educativo irão realizar uma força-tarefa (envolvendo mais de 200 servidores), além de reforço da segurança nas unidades penais e socieducativas.

A Politec deve atuar na identificação de suspeitos, checagem de veículos suspeitos de roubo, furtos, clonagens ou dublês – perícias (de criminalística, medicina legal e odontologia legal).

Já os homens do Cioaper irão reforçar o rádiopatrulhamento aéreo diurno e noturno; Realização de pontos demonstrativos; Apoio direto às equipes de área e especializadas no atendimento de ocorrências policiais, de busca e salvamento e de resgate; Transporte imediato de frações táticas (BOPE, GCCO, GOE e BEA); Transporte de equipes de investigação (PJC e POLITEC).

O secretário da Pasta, Alexandre Bustamante, disse que o trabalho dos servidores é para fornecer segurança ao cidadão. “O trabalho da Segurança Pública este ano é dar tranquilidade ao cidadão, por isso o reforço que a gente faz de fechar as áreas administrativas, intensificar a quantidade de blitze, a exemplo da Lei Seca. A operação reúne a soma de esforços de todos os órgãos da Segurança Pública para que cidadão mato-grossense, sendo ele folião ou não, esteja seguro”, afirmou durante lançamento da Operação realizada na Sala de Crise da Sesp.

Deixe um comentário