Mulher é presa em flagrante em ponto de droga no centro de Cuiabá


0
Foto: Reprodução

Fonte: Olhar direto

Mais uma ação de combate ao comércio de entorpecentes na região central de Cuiabá foi realizada pela Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), na manhã desta sexta-feira (21).

O trabalho deflagrado para cumprimento de um mandado de busca resultou na apreensão de vários pacotes de cigarros contrabandeados, dinheiro, balança de precisão, além de outros materiais que caracterizam o tráfico de drogas no local.

Uma mulher de 31 anos, com passagem pela polícia, foi presa em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e crime de contrabando.

O endereço alvo foi descoberto durante levantamento de pontos de venda de drogas no centro da cidade, que concentra grande fluxo de usuários e, como consequência, a prática de furtos e outros delitos, contra estabelecimentos comerciais.

O modus operandi chamou a atenção dos policiais civis, em razão da casa ser totalmente fechada e para atender os usuários, na frente do imóvel ficava um sino para ser tocado quando algum “cliente” chegasse ao local. Ao ser chamada pela campainha, a suspeita abria uma pequena janela, por onde passava a droga.

Com base nos indícios, a Polícia Civil representou pelo mandado de busca e apreensão deferido pelo Poder Judiciário.

No local, os policiais apreenderam mais de R$ 200 em notas miúdas, um caderno com contabilidade mostrando claramente a movimentação de depósitos diários em contas bancárias, pacotes de cigarros sem comprovação fiscal, balança de precisão, entre outros objetos.

Diante do flagrante, a suspeita foi conduzida à DRE, onde em interrogatório informou que já cumpriu pena restritiva de liberdade por tráfico, e que seu ex-esposo encontra-se preso pelo mesmo crime.

A mulher foi autuada por tráfico de drogas, associação para o tráfico e por crime contra a administração pública de contrabando ou descaminho. Após o registro do flagrante, ela foi apresentada para audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça.

Deixe um comentário