Estado vai doar cestas básicas e criar programa para atender profissionais que ficarem sem salário durante pandemia


0
Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Fonte: Olhar Direto

Confirmada a vinda de recursos federais para ajudar o Estado durante a crise do coronavírus, o governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que nos próximas dias irá anunciar mais medidas para o enfrentamento da doença em Mato Grosso. Entre as ações, o Governo prepara um programa para atender profissionais que tiverem seus salários comprometidos durante o período de quarentena. Além disso, mais de 50 mil cesas básicas já estão sendo preparadas e serão distribuídas pela assistência social.

“É uma situação extremamente difícil. Eu determinei a compra de 50 mil cestas básicas para serem distribuídas na nossa rede de assistência social. Estamos aguardando a ajuda do Governo Federal para ampliar essa capacidade de dar essa assistência. Essa semana ainda devemos anunciar novos programas que contemplem não só as famílias carentes, mas as categorias de pessoas que viviam trabalhando por diária, por exemplo. Por que como é que essas pessoas vão comer? E é por isso que recomendamos aos prefeitos um pouco de cautela, para não criar uma grande paralisia econômica e acabar morrendo mais gente de fome do que pelo coronavírus”, disse o governador, nesta terça-feira (23).

Por força de decretos do Estado a das prefeituras, várias cidades de Mato Grosso estão com parte do comércio paralisado. Bares e lojas de conveniência estão proibidos de abrirem as portas e restaurante operam apenas pelo sistema de delivery ou retirada no local.

A equipe econômica do Governo Federal deverá encaminhar para estados e municípios um socorro, na ordem de R$ 85 bilhões. Para a área de assistência social, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) citou investimentos de R$ 2 bilhões.

Deixe um comentário