Combate à proliferação do coronavírus é o melhor presente da cidade, diz Emanuel nos 301 anos de Cuiabá


0

Fonte: Olhar Direto

Cuiabá completa nesta quarta-feira (8) 301 anos sem festa. As medidas adotadas de combate à proliferação do novo coronavírus impedem qualquer tipo de aglomeração. Em mensagem aos munícipes, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) reforçou a necessidade de evitar o contato físico, agradeceu o empenho da população no combate à doença e afirmou que esse é o melhor presente que a cidade pode ter nesse momento.

“Parabéns aos que dão o seu melhor para ajudar a família, o vizinho ou até alguém que nem mesmo conhece. Parabéns a todos que estão se protegendo e pensando no próximo. Esses gestos de solidariedade humana são hoje o melhor presente que nossa cidade poderia ter. Parabéns, Cuiabá, mais do que nunca, estamos juntos”, declarou Emanuel.

O prefeito ainda declarou que buscou inspiração em líderes mundiais para passar essa mensagem neste momento. “Todo mundo sabe que somos um povo que gosta de celebrar, de abraçar, de ficar junto, mas dessa vez temos que comemorar de um jeito bem diferente porque vivemos um tempo em que a distancia entre as pessoas passou a ser uma grande demonstração de amor. Uma atitude que salva vidas. Para homenagear minha cidade e nossa gente, busquei inspiração em líderes mundiais como Angela Merkel para universalizar a mensagem de afeto e solidariedade do povo cuiabano”.

Emanuel afirmou também que durante a pandemia, demonstrações de afeto são o oposto das que estamos acostumados. Sei o quanto é difícil fazer o que estamos pedindo, porque queremos estar juntos, ainda mais em tempo de necessidade e porque entendemos afeto como proximidade física. Aperto de mãos, abraços e beijos, mas infelizmente agora o contrário é que é verdadeiro. É isso que todos precisamos entender. Nesse momento, manter a distância física é o maior gesto para expressar o quanto você se importa”.

De acordo com o prefeito, a população da cidade entendeu a necessidade de seguir o isolamento. “Com certeza há um motivo muito forte para os maiores especialistas do mundo dizerem que avós e netos não devem ficar juntos agora. Precisamos acreditar, mas o que poderia apenas separar as pessoas uniu ainda mais os nossos corações. Os cuiabanos estão dando um show de compaixão, de companheirismo e de força de vontade e nós queremos aplaudir a cada um de vocês

Deixe um comentário