Edital de licitação para transmissão de aulas via TV aberta será publicado nos próximos dias, diz secretário


0
Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Fonte: Olhar Direto

O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos, anunciou nesta quarta-feira (20) que o Edital de Licitação, na modalidade Registro de Preço, para produção e transmissão das aulas EAD por canal de TV aberto deve ser publicado nos próximos dias.

Por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) não será feito um novo contrato, em caráter emergencial, a fim de aguardar a finalização do processo licitatório. A expectativa da gestão é de que o processo seja concluído no prazo de 30 dias. Nesse período, a transmissão das aulas via TV aberta estarão suspensas.

De acordo com o secretário de Educação, a ideia inicial era contratar, por dispensa de licitação, em caráter emergencial, um novo contrato emergencial até que a licitação fosse concluída.

“Mas, para preservar a lisura e transparência de todo o processo, desde a contratação inicial até a nova licitação, o prefeito Emanuel Pinheiro decidiu não fazer um novo contrato emergencial. Ao invés disso estamos agilizando o novo processo licitatório”, esclareceu Alex Vieira Passos.

A licitação será realizada por Pregão Eletrônico. Após a publicação do Edital, ainda sem uma data definida. Os veículos interessados terão prazo de sete dias para apresentar suas propostas, de acordo com o termo de referência (TR) que orienta a contratação dos serviços especializados para implantação do Programa @Portal da Escola Cuiabana de Educação à Distância, com a transmissão de aulas, por meio de TV aberta.

Serão 200 horas/aula, incluindo gravações externas e transmissões ao vivo, nos períodos da manhã, tarde e noite, totalizando quatro horas e meia de aulas por dia, por um prazo maior, até o final do ano. O contrato prevê estúdios, edição, transmissão e todos os equipamentos necessários para gravação e transmissão das aulas.

“Queremos implantar um sistema de ensino que inclua aulas e atividades à distância para que possamos minimizar os prejuízos pedagógicos aos nossos alunos. Por meio de multiplataformas estamos proporcionando o acesso dos estudantes ao currículo escolar durante o período de suspensão das atividades presenciais nas unidades educacionais, por conta da necessidade de isolamento social, para combater a expansão do coronavírus, de forma que essas aulas e atividades sejam válidas como carga letiva. Estamos diante de novas possibilidades de mediação, interação pedagógica e de formação de professores”, afirmou.

Ao falar sobre os resultados positivos do Programa @Portal da Escola Cuiabana, comprovado pelos depoimentos de pais, professores e alunos, e também pelo monitoramento de diretores, coordenadores e assessores pedagógicos, o gestor lamentou que as aulas via TV aberta ficarão suspensas a partir deste sábado (23). Mas disse que é uma decisão acertada do prefeito Emanuel Pinheiro, e a Secretaria de Educação vai intensificar as atividades nas plataformas disponíveis.

“É uma injustiça com os estudantes e os profissionais da Educação que tenhamos que suspender as aulas EAD via TV aberta mas vamos continuar trabalhando para levar a melhor educação possível aos nossos 53 mil alunos”, disse Alex Vieira Passos. (com assessoria)

Deixe um comentário