Secretário detalha onde serão distribuídas novas UTI e espera mais de mil novos leitos


0
Foto: Tchélo Figueiredo - Secom MT

Fonte: Olhar Direto

O secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, está planejando juntamente com o governador Mauro Mendes (DEM), chegar ao número de 1.200 novos leitos em todo estado ainda no começo deste mês, entre enfermarias e Terapias Intensivas. Nesse total, chegam a 397 leitos de UTIs divididos em todo estado.

Além da boa notícia, que abrange todo estado, Gilberto garantiu que algumas cidades que nunca tiveram leitos de UTIs terão a partir de agora. “Serão 10 leitos de UTI em Barra do Garças, 10 em Água Boa, 10 em Peixoto de Azevedo, 10 em Juína e 10 em Tangará da Serra”, disse o secretário aos deputados estaduais na Assembleia Legislativa.

Gilberto explicou que esses primeiros leitos serão destinados exclusivamente para pacientes Covid-19. Evitando assim que os pacientes façam viagens longas em busca de atendimento.

“Por não ter condições de todos os municípios ter UTI e nem gente para trabalhar, esses leitos foram divididos por região. Até tempos atrás, tinhamos 77 leitos de UTI em todo estado. Agora, em 60 dias estamos ampliando 110 leitos de UTI Covid-19 para todo estado. Essa planilha de ampliação e divisão de leitos foi feita após estudos técnicos. Vale lembrar que em hospitais que não são leitos Covid, os pacientes de outras enfermidades terão atendimento normal”, disse Gilberto.

Vale lembrar que Mato Grosso recebeu recentemente milhares de equipamentos hospitalares e de proteção que serão utilizados na rede estadual de Saúde, no enfrentamento a pandemia do coronavírus.

Ao todo, são 120 respiradores, além de macacões, protetores faciais, máscaras cirúrgicas e do tipo N95 e 215 monitores. O governador Mauro Mendes (DEM) esteve pessoalmente no Aeroporto Marechal Rondon para receber o carregamento e disse que o Estado, agora, terá capacidade de enfrentar a Covid-19 por até 6 meses, caso necessário.

Deixe um comentário