A Polícia Civil apreendeu 20 quilos de substância psicotrópica em uma residência em Mato Grosso

0
57
Foto: Reeprodução
ALMT TRANSPARENCIA

A Polícia Civil apreendeu cerca de 20 quilos de substância psicotrópica, composta por maconha, pasta base e cocaína, durante uma ação de rotina.

A apreensão faz parte do escopo da Operação Erga Omnes, que teve como objetivo combater a atuação de facções criminosas no estado de Mato Grosso.

Uma grande quantidade de entorpecentes foi encontrada em uma residência localizada no bairro Garcês, em Cáceres. Dois homens de 35 anos e uma adolescente de 17 foram presos em flagrante pelo tráfico de drogas e associação para o tráfico.

As equipes de investigação da 1a Delegacia de Polícia e da Delegacia Regional de Cáceres realizavam uma perspetiva no bairro Garcês. Por volta das 15 horas, a jovem apresentou-se em atitude suspeita, com uma mochila nas costas e uma sacola nas mãos. Os policiais acompanharam a suspeita que se dirigiu a uma rua sem saída e entrou em uma residência.

Ao se aproximarem do imóvel, os investigadores notaram um forte odor de substâncias psicotrópicas. Pela janela, foi possível visualizar os dois suspeitos, que estavam utilizando uma balança de precisão e embalando a droga. Diante das evidências, os policiais conduziram a abordagem dos suspeitos, deflagrando a prática de atividades ilícitas no local.

Em uma perícia no imóvel, constatou-se uma grande quantidade de entorpecentes escondidos sob a forma de um colchão. Entre os produtos encontrados na residência, estão 17tabletes de maconha, sete porções menores da mesma substância, sete porções médias e uma grande de cocaína, 18 porções de pasta-base, uma balança de precisão, aparelhos celulares e outros pertences do tráfico.

Após uma perspetiva no sistema, verificou-se que a adolescente havia sido apreendida três dias antes, na terça-feira, 27 de fevereiro, por portar três quilos de substância psicotrópica.

Diante das evidências, todos os materiais ilegais foram recuperados e os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Cáceres, onde, após uma perícia, o maior de idade foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores. A adolescente responderá por infração por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

 

 

Fonte: Informações/ PJC-MT