O município de Sorriso investe mais de 1,3 milhão em atendimentos pelo Samu, com a aquisição de novas ambulâncias

0
197
Foto: Reprodução
ALMT TRANSPARENCIA

O sorriso agora é uma das atividades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. O prefeito Ari Lafin disse que a inauguração foi uma benção para o município. O valor total aplicado no serviço foi de aproximadamente 1,3 milhão, sendo que duas ambulâncias receberam R$ 1,2 milhão.

“Esse é um sonho, uma batalha que se desenvolveu a partir da próxima quinta-feira.”

Uma das ambulâncias foi equipada com um sistema de UTI móvel para atender casos mais graves, enquanto a outra é para o atendimento básico. Os outros 100 mil reais foram destinados à reforma e à aquisição de mobiliário para a base localizada nos fundos do Ambulatório Multiprofissional de Especialidades (AME) Além disso, serão investidos R$ 250 mil mensais para a manutenção da equipe e serviços.

A atuação do Samu significa uma resposta rápida em qualquer tipo de atendimento, desde o básico até o de urgência e emergência. O Samu também aliviará um pouco a responsabilidade do Corpo de Bombeiros. Além disso, continuaremos trabalhando em conjunto para o bem de Sorriso.

A superintendente do Samu no Estado, Leda Villaça, reitera a capacidade de atender emergências, bem como o atendimento pré-hospitalar e a regulação de outros locais em casos de maior complexidade.

“As equipes são treinadas e isso significa que a sobrevivência do cidadão em diversas situações, como acidentes de trânsito”, exemplifica.

A autora frisou que, nos casos de atendimento básico, a equipe se desloca com um enfermeiro. Em casos mais graves, o médico pode inseri-lo no local do primeiro atendimento, caso seja necessário.

A equipe de Sorriso é composta por 24 membros, sob a coordenação do enfermeiro Diogo Meneghel. São oito os motoristas, oito enfermeiros, quatro médicos e quatro técnicos de enfermagem. A equipe é treinada para lidar com situações de emergência e urgência, como traumas, hemorragias e emergências clínicas; estabilização, classificação e regulação de vítimas. O atendimento será oferecido inicialmente em um raio de 50 quilômetros, abrangendo problemas que possam surgir em residências, no trânsito e nas organizações.

O secretário de Saúde, Luis Fábio Marchioro, reitera que esta é uma significativa alteração no âmbito municipal. “Cada um que ligue para o 192 será orientado por um médico ou, se houver algum problema mais grave, o médico comparecerá ao local da chamada”, explica. “Temos plena convicção de que a possibilidade de um atendimento rápido em casos de urgência trará benefícios significativos para a preservação de vidas”, disse.

“Tivemos um longo caminho, um longo processo para chegar a este momento. Agradecemos à equipe do Samu estadual, à coordenação federal do Samu, que já esteve presente e conferiu a nossa Base; aos vereadores Diogo Krieger, que, juntamente com o plenário, travaram uma batalha com a nossa equipe; aos servidores da saúde e ao prefeito Ari, que não mediu esforços para que a Base do Samu de Sorriso pudesse iniciar o atendimento”, finaliza o secretário.

Informações da assessoria.

Fonte: Informações/ Olhardireto