Família procura por menina de 11 anos que fugiu de casa

0
230
Reprodução
ALMT TRANSPARENCIA

RepórterMT

Familiares buscam notícias de Bianca Vitória França de Almeida, de 11 anos, que fugiu de casa na noite de segunda-feira (7),  no bairro Osmar Cabral, em Cuiabá.

O pai da menina, Jean Nascimento de Almeida, de 30 anos, disse ao RepórterMT que antes de sumir, Bianca pegou uma mochila com roupas e materiais escolares e depois das 21 horas, não foi mais vista.

“Ela saiu de fininho sem ninguém perceber. Tinha uma festinha com os adolescentes da igreja e pensamos que ela estaria com eles. Mas, quando fomos procurar ninguém a tinha visto. Notamos que foi tudo planejado, pois ela levou a mochila antes de sair de casa”, disse o pai.

A menina mora com o pai e a madrasta há um ano. Antes, era criada pelos bisavós paternos, que faleceram. Segundo Jean, Bianca já teria dito que fugiria de casa.

“Ela não teve contato com a mãe, mas se dá bem com minha mulher. Mesmo assim é teimosa e não aceita correções. Acho que tem um pouco de ciúmes da minha esposa e ficava brava porque a gente trancava a porta do quarto para ela não entrar. No dia que fugiu, ela quebrou a porta, entrou, mexeu em tudo e quando chegamos em casa, já tinha saído, levando algumas coisas”, contou o pai.

Ele ainda chegou a procurar a garota no colégio onde estuda, mas ninguém teve notícias dela.

Por se tratar de uma criança, a família registrou o boletim de ocorrência. A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Quem tiver informações da menina pode entrar em contato pelos telefones da Polícia Civil no 197, Polícia Militar, através do 190, ou ligar para (65) 9 9291 0949 e (65) 9 9299 9499

Outros casos

Na noite do dia 23 de julho, as irmãs gêmeas Tiffany e Steffany Moreira Campos, de 16 anos, desapareceram de casa, em Ribeirão Cascalheira (891 km ao Leste de Cuiabá).

As meninas moram na Irlanda e passavam férias na casa do pai em Mato Grosso. 

Após dois dias desaparecidas e sem dar nenhum sinal de vida, elas voltaram para casa e não contaram aos familiares por onde andaram e nem o porque sumiram sem avisar. 

Em maio, os familiares da adolescente Thalia Santos Silva, de 15 anos, deram queixa na Polícia do desaparecimento da garota, que voltou para casa, após dois meses desaparecida. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here