Criminosos disparam quatro vezes e fazem 15 pessoas reféns em loja de Cuiabá

0
280
Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto
CAMARA VG

Olhar Direto

16h22 – Os criminosos utilizaram uma motocicleta para chegar até o local do crime. Ela também seria usada na fuga. O veículo foi apreendido pela Polícia Militar.

16h17 – Os criminosos serão encaminhados para a Central de Flagrantes, onde será registrada a ocorrência. Os nomes devem ser divulgados posteriormente. 

16h15 – A Polícia Militar confirma que foram 15 pessoas feitas como reféns na ocorrência. Antes de se entregar, os criminosos pediram a presença da advogada e também da imprensa. Os suspeitos já são conhecidos da polícia.

16h13 – O tenente-coronel Wendel, comandante do 3º Batalhão, informou que os criminosos chegaram a disparar quatro vezes. Porém, ninguém ficou ferido. Uma viatura chegou ao local e percebeu a ação criminosa e fez o cerco na loja.

16h08 – Dois dos criminosos acabam de se entregar para a polícia. Inicialmente, a informação é de que apenas os dois participaram da ação, contrariando o que havia sido divulgado anteriormente, que apontava quatro bandidos.

(Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto)

16h03 – Uma das funcionárias disse, após ser liberada, que os criminosos chegaram pedindo por celulares.

15h59 – Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também está no local por precaução. Os criminosos parecem ter cedido e devem se entregar nos próximos minutos. O helicóptero do Ciopaer fez o pouso em um campo de futebol nas proximidades.


(Foto: Giovani Júnior)

15h56 – Segundo as informações do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) as mulheres que eram mantidas como reféns dentro da loja foram liberadas pelos criminosos. Apenas homens continuam no local.

15h50 – Aproximadamente 12 pessoas estão sendo feitas como reféns na loja Martinello, localizada no bairro CPA I, em Cuiabá. Ao todo, seriam quatro criminosos mantendo as vítimas no local. Uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope) está tentando negociar a liberação dos clientes e funcionários.

Segundo as informações do Batalhão de Operações Especiais (Bope), os criminosos chegaram no início da tarde e anunciaram o assalto na loja. Porém, a Polícia Militar chegou rapidamente ao local e os quatro suspeitos acabaram fazendo clientes e funcionários como reféns.


Ao todo, 12 pessoas estariam sendo mantidas dentro da loja. Uma equipe do Bope tenta negociar a liberação dos reféns. Uma aeronave do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) também foi acionada e dá apoio na ocorrência. O local foi totalmente isolado.

Duas pessoas foram abordadas do lado de fora da loja, mas ainda não foi confirmado se teriam participação na ação. Enquanto isto, os quatro suspeitos continuam dentro da loja.

Assalto a drogaria

Também na tarde desta quinta-feira (14), dois criminosos armados invadiram a farmácia Drogasil, localizada na avenida Mato Grosso, em Cuiabá, e renderam clientes e funcionários. Foram levados dinheiro e celulares das vítimas. A ação foi rápida e os bandidos conseguiram fugir. A Polícia Militar faz rondas pela região para tentar encontrar os acusados.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here