PM prende dupla e esclarece dois assaltos ocorridos esta semana em lojas do CPA

0
204
PM - MT
ALMT TRANSPARENCIA

A prisão dos suspeitos que invadiram uma loja de móveis e fizeram reféns no CPA I, no final da tarde desta quinta-feira(14.09) em Cuiabá, levou ao esclarecimento de dois roubos ocorridos esta semana nos bairros CPA I e II.

Hugo Renato Duque Paes, 25, e Renan Bernardo dos Santos Amorim, de 20 anos, foram presos após quase duas horas de negociações para liberação dos reféns. Eles invadiram a loja e quando a primeira equipe da PM chegou já haviam feito 12 reféns entre funcionários e clientes.

As primeiras imagens que os militares tiveram dos assaltantes, no piso superior da loja, mostravam o suspeito Hugo com uma pistola 380 em punho atrás de uma “parede de reféns” de cerca de cinco pessoas. Já o suspeito Renan foi visto por meio do espelho de móveis da loja, também empunhando uma arma, posteriormente identificada como revólver 38.

Uma guarnição da Companhia de Polícia Militar do CPA foi quem deu início às negociações e conseguiu liberar as mulheres que estavam como reféns. Em seguida, já com a presença da ROTAM e BOPE, o Major Evane (BOPE) assumiu o comando das negociações. Depois da chegada do BOPE, os suspeitos ainda efetuaram dois disparos no interior da loja.

Com o decorrer das negociações a dupla cedeu e se entregou. Para sair do piso superior eles usaram reféns como escudo. Abandonaram armas, uma pistola calibre 380 com 21 munições intactas e três deflagradas, e um revólver calibre 38, com cinco munições intactas.

A motocicleta XRE 300, de cor preta, placa QBI-2280, apreendida pela PM na frente da loja, seria a mesma que o os assaltantes chegaram ao local. A checagem feita a partir da numeração  do chassi confirmou ser produto de roubo. E ainda, que a placa era falsa, a correta seria NPH-3125.

Essa ação mobilizou mais de 20 policiais do 3º Batalhão, BOPE, ROTASM, CIOPAER, Batalhão de Trânsito, Serviço de Inteligência, além de equipe do SAMU.

IDENTIFICADO

Na Central de Flagrante do CISC Planalto, para onde a PM levou os suspeitos, o proprietário da joalheria do bairro CPA II, que foi assaltada na terça-feira, reconheceu Hugo Renato Duque Paes, 25, como um dos que cometeram o roubo em sua loja. As investigações agora seguem com a Polícia Judiciária Civil (PJC).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here