Cuiabá segura o São Paulo e jogo termina empatado no Morumbi

0
87
Foto: AssCom Dourado
CAMARA VG
ALMT
BANNER BAÇANCO CAMARA VG

Cuiabá e São Paulo empataram sem gols neste domingo (26), em jogo válido pela rodada 35, no Morumbi. O primeiro tempo foi morno, com apenas uma única boa chance de abrir o placar, mas Lucas parou em Walter, destaque do duelo. Na segunda etapa, o jogo voltou mais rápido, porém a velocidade imposta foi insuficiente para abrir o placar. No final da etapa, Walter defendeu bola difícil de David e quase entregou rebote para Erisson, que estava impedido.

O resultado foi positivo para o Dourado, que somou 48 pontos e se manteve em nona posição, com poquíssimass chances de ser rebaixado. A pontuação somada hoje é a melhor conquistada pelo time desde que subiu para a primeira divisão do Brasileirão. Já o Tricolor somou 47 e se manteve em décimo. Apesar de dificilmente serem rebaixados, ambos ainda terão que lutar nas últimas três rodadas.

O primeiro tempo foi morno. Apesar de controlar a posse da bola, o São Paulo não conseguiu furar a defesa sólida do adversário. Ainda assim, a principal chance de abrir o placar foi do Tricolor, aos 11 minutos, quando Lucas recebeu dentro da área e cabeceou firme pro gol. Não fosse ótima defesa de Walter, no reflexo, o time paulista teria aberto o marcador.

Do lado Dourado, a estratégia foi a retranca. O time comandado hoje pelo auxiliar Bruno Lazaroni se fechou todo em seu próprio campo de defesa, para não dar brechas ao adversário. No entanto, não conseguiu sair no contragolpe ou criar oportunidades ofensivas de abrir o placar. Se contentou com o empate, resultado que mantém o Auriverde em nona posição

Segundo tempo

O São Paulo voltou do intervalo e executou o mesmo jogo do primeiro tempo. Trocou passes, dominou a posse de bola, mas não conseguiu converter em gol.

O Cuiabá voltou mais incisivo e subiu aproveitando a exposição do adversário. Aos 20 minutos, Pita quase abriu o placar, quando apareceu à queima-roupa e finalizou firme, mas parou em ótima defesa de Rafael. Mas o lance não valeu, pois o auxiliar marcou impedimento, embora parecesse que estivessem na mesma linha.

Lucas e James, apostas chave de Dorival, obviamente pela qualidade individual de cada um, não apareceram. Apagados, foram substituídos e o Tricolor esboçou mais agressividade para mudar o marcador, mas parou em seus próprios erros, como diversas bolas levantadas na área sem direção, ou finalizações isoladas.

Nos minutos finais, David parou em bela defesa de Walter, após receber dentro da área e chutar firme. O arqueiro Auriverde chegou a dar rebote para Erisson, que finalizou e parou em outra ótima defesa. No entanto, o lance não valeu por impedimento.

Como fica

Com o resultado, o São Paulo somou 47 pontos, na 10ª colocação, um ponto atrás do Cuiabá, que se manteve em nono. O Cruzeiro, primeiro clube na zona do rebaixamento neste momento, tem 41 e enfrenta o Goiás, nesta segunda, em Goiânia. Se vencer, fica apenas três pontos atrás do Tricolor.

Os nove pontos em jogo nas últimas três rodadas poderão mudar o cenário de classificação, derrubando até mesmo o Dourado e o Tricolor. Apesar disso, as chances são matematicamente pequenas, quase nulas.

Os próximos compromissos do Cuiabá serão difíceis. O primeiro nesta quarta-feira (29), contra o Inter. Depois pega o Flamengo no sábado (3) e encerra o campeonato contra o Athletico-PR no dia 6 de dezembro.

Primeiro tempo

Pré jogo

Com a permanência praticamente garantida e vindo de sequência de três partidas sem perder, o Cuiabá mede forças com o São Paulo neste domingo, (26), às 17h30 (de Mato Grosso), no Morumbi, em duelo válido pela rodada 35 do Brasileirão. Os desfalques pelo Dourado são do artilheiro Deyverson e do técnico António Oliveira, mas o time chega embalado, somando duas importantes vitórias nas duas últimas rodadas. O time de Dorival Júnior chega com derrota e empate, mas terá o retorno de importantes atletas para o elenco, como Lucas e James Rodriguéz. Veja abaixo as escalações, desfalques, retrospecto e arbitragem.

Suspensos por receberem o terceiro cartão amarelo, Deyverson e António Oliveira desfalcam o time neste domingo. O corte do atacante pode gerar prejuízos para o Auriverde, já que ele é o artilheiro absoluto com 12 gols na competição.

Quem deve entrar no lugar dele é o centroavante paraguaio Lucas Pitta, que tem surpreendido por marcar gols importantes. Foi dele, inclusive, o gol que garantiu a primeira vitória do Cuiabá contra o São Paulo na história, no duelo que aconteceu no primeiro turno, em julho, na Arena Pantanal. Para substituir Oliveira, o auxiliar técnico Bruno Lazaroni, já conhecido pela torcida, comandará o time na beira do campo.

Apesar dos importantes desfalques, o Dourado chega para o duelo embalado, com vitórias contra o Fortaleza por 2 a 1 e Bahia, por 3 a 0. Além disso, conta com o lateral-esquerdo Rikelme, que volta após cumprir suspensão. O volante Lucas Mineiro, em transição física, também pode ser opção para o meio de campo. Quem também volta a ficar à disposição é o meia Ronald, que não atuou na vitória sobre o Fortaleza por força de contrato – o camisa 8 pertence ao clube cearense.

Praticamente classificado para a elite do Brasileirão do ano que vem, com as chances quase zeradas de outro cenário, o Auriverde está estacionado em 9ª posição com 47 pontos. O Tricolor vem logo atrás, com 46, em décimo.

O último confronto entre os times ocorreu em julho deste ano, pela rodada 16. Vitória maiúscula do Auriverde, que bateu o tricolor pela primeira vez na sua história. Clayson e Pitta marcaram no triunfo, e Nathan diminuiu. 2 a 1 na casa dourada.

Vindo de empate contra o Santos e derrota para o Fluminense nesta quarta-feira (23), o Tricolor Paulista ainda perdeu mais três jogadores: Lucas Beraldo, Diego Costa e Gabriel Neves, todos suspensos. No entanto, as baixas serão compensadas com o retorno de pelo menos sete jogadores para o plantel visando o jogo contra o Dourado.

Seis deles já são garantidos. Wellington Rato volta a ficar à disposição após cumprir suspensão contra o Flu. Arboleda (Equador), Ferraresi (Venezuela) e James Rodríguez (Colômbia) retornam de suas seleções. Lucas também pode retornar.

Escalações

Provável Tricolor: Rafael, Rafinha, Arboleda, Alan Franco (Ferraresi) e Welington; Pablo Maia, Alisson, Wellington Rato e Luciano; David e Erison. Técnico: Dorival Júnior.

Provável Dourado: Walter; Matheus Alexandre, Marllon, Allyson, Alan Empereur e Rikelme; Raniele e Denilson; Jonathan Cafú, Clayson e Pitta. Técnico: António Oliveira.

Retrospecto

O auriverde busca uma vitória inédita no Morumbi e, no retrospecto, O histórico entre as equipes é marcado por equilíbrio, tendo se enfrentado apenas cinco vezes, com três empates e uma vitória para cada lado. A última partida viu o Cuiabá conquistar sua primeira vitória sobre o São Paulo, adicionando um elemento extra de rivalidade ao confronto.

Arbitragem

Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (Fifa – SP)
Assistente 1: Marcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
Assistente 2: Celso Luiz da Silva (MG)
Quarto árbitro: Ilbert Estevam da Silva (SP)

VAR: Wagner Reway (Fifa – PB)

 

Fonte: Olhardireto

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here