A prisão do autor do homicídio de uma jovem em Mato Grosso é temporár

0
17
Foto: Reprodução
ALMT TRANSPARENCIA

A equipe da Polícia Civil de Diamantino, que investigava o desaparecimento de um jovem ocorrido no ano anterior, foi detida.

A prisão temporária de Reginaldo Filho Borges da Silva, de 19 anos, foi requerida pelo Ministério Público.

Reginaldo desapareceu em 28 de outubro do ano passado. Em 1o de novembro, familiares da vítima denunciaram à Polícia Civil que haviam encontrado um corpo próximo ao rio Quebra Canela, que pertence ao município de Diamantino. A suspeita é de que se tratava do rapaz.

O corpo estava em uma vala, com sinais de queimaduras e em estado avançado de decomposição. Ainda havia indícios de que o fogo se espalhou para a vegetação. Os peritos da Politec identificaram sinais de disparo de uma arma de fogo no tórax, bem como cortes no crânio. Apesar do estado do corpo, a mãe de Reginaldo disse que o reconhecia.

Os investigados responderão pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver e incêndio em vegetação.

 

 

Fonte: Informações/ PJC-MT