Estudante de arquitetura responderá por três crimes após matar manobrista da Valley atropelado; delegada procura PF

0
178
Foto: Reprodução
CAMARA VG

Olhar Direto

O estudante de Arquitetura, Juliano da Costa Marques dos Santos, de 22 anos, deverá responder por homicídio, tentativa de homicídio e embriaguez ao volante após ter atropelado e matado um manobrista da boate Valley Pub, em Cuiabá, na madrugada desta segunda-feira (7). Durante depoimento, o acusado disse que a intenção dele seria “salvar” os amigos, mas que teria perdido o controle do veículo. A vítima foi identificada como José Antônio da Silva Alves dos Santos, 23 anos.

“Ele irá responder por homicídio qualificado por motivo fútil, em relação à vítima fatal; tentativa de homicídio, em relação ao policial federal que foi atingido e que não foi localizado e por fim embriaguez ao volante. Quando pegou o carro, após ter bebido, ele assumiu o risco deste resultado, é o dolo eventual. A pessoa tem plena consciência disto, vale para qualquer pessoa no país”, disse a delegada Juliana Palhares, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ao Olhar Direto.
 
Durante o depoimento na DHPP, o universitário contou que a intenção dele seria socorrer os amigos que estavam brigando com o policial federal. Porém, teria perdido o controle do carro e atingido o manobrista e também o agente: “Ele poderia ter causado uma tragédia ainda maior”, comenta a delegada.
 
“Agora nós vamos aguardar ainda alguns laudos, esperar a pericia do veículo também. O acusado já foi encaminhado para a audiência de custódia, nesta segunda-feira (07), onde o a Justiça decidirá o que acontece. Além disto, continuamos a procurar o policial federal para ouvi-lo, já que até agora ele não foi encontrado”, finalizou a delegada.
 
O caso
 
Um jovem identificado como Juliano da Costa Marques dos Santos, de 22 anos, foi preso após atropelar e matar um manobrista da boate Valley Pub, em Cuiabá, na madrugada desta segunda-feira (7). À Polícia Militar (PM), ele confessou que brigou com um policial federal do lado de fora do estabelecimento e que na saída, ao tentar atropelá-lo, acabou vitimando José Antônio da Silva Alves dos Santos, 23, que saia do carro de um dos clientes.
 
De acordo com o boletim de ocorrência, o policial chegou ser atingido, mas não sofreu lesões. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado e esteve no local, mas José não resistiu aos ferimentos decorrentes do forte impacto e morreu antes que pudesse receber socorro. A situação foi registrada por volta de 4h30 da manhã, quando os frequentadores começavam a deixar a boate.
 
Juliano dirigia um veículo modelo Fiesta e fugiu da cena do crime em alta velocidade, sendo capturado posteriormente por policiais que atuam na região do bairro Parque Cuiabá. Preso em flagrante e visivelmente embriagado, o acusado foi submetido ao teste do bafômetro, que apontou a existência de 0,71ml de álcool por litro de sangue. Diante da situação, ele foi encaminhado ao Cisc Planalto.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here