Membros do CV são presos em boca de fumo em Cuiabá

0
604
Reprodução
ALMT TRANSPARENCIA

O Documento

Policiais do GAP (Grupo de Apoio) do 3º Batalhão, com auxílio de equipes e do canil do Bope, prenderam no final da tarde desta terça-feira (22) quatro homens, e desmontaram uma grande boca de fumo que funcionava na Rua Maranguá, no bairro Pedregal, em Cuiabá.

Essa ação faz parte da Operação Cerco Total, em curso desde o dia 14, cujas ações estão voltadas à repressão ao tráfico de droga, roubos e homicídios.

No local, havia um rádio HT que copiava a freqüência dessa unidade policial, ou seja, sabia os locais das rondas e outros deslocamentos para atender chamados. E ainda, uma parede com as iniciais ‘CV’, que supostamente faz referência à organização criminosa Comando Vermelho.

A diversidade das embalagens da droga também chamou a atenção da PM. Além das tradicionais trouxinhas e porções, grandes e pequenas, havia centenas de pinos de plástico no modelo de microtubos, com e sem cocaína. Pelo menos 68 cheios, prontos para o comércio, e centenas ainda vazios.

Na “boca” também foram apreendidas mais de 100 porções embaladas de maconha e cocaína, quatro balanças de precisão, munições dos calibres ponto40 e 38, carretéis de linha, R$ 824, além de outros produtos.

O primeiro a ser preso foi Wesley Eduardo dos Santos Nascimento, 23, que estava saindo do local com drogas. Logo depois, ocorreram as prisões de Raphael Wender da Silva Souza, 18, Glebison Bertúlio da Silva, 24, e Cleyton Cezar Rodrigues do Nascimento, 23.

De acordo com levantamento feito pela PM, Wesley Eduardo tem 11 passagens pela polícia por tráfico, roubo e receptação. Um quinto suspeito, A.P.L.S., 21, conseguiu fugir.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here