Policiais ajudam e mulher dá à luz dentro de viatura em VG

0
223
Foto: Reprodução
CAMARA VG

Midia News

Policiais militares realizaram um trabalho inusitado na noite desta segunda-feira (31), ao ajudar uma mãe a dar à luz, no Bairro Canaã, em Várzea Grande.

Conforme o relato da PM, a bolsa da mulher estourou, a caminho do hospital, fazendo com o que os policiais do 3º Batalhão realizassem um parto emergencial dentro da viatura.

Os PMs estavam realizando rondas na região, quando o pai da criança pediu apoio aos militares para que os ajudassem a chegar ao hospital, pois sua esposa grávida estava sentindo fortes contrações.

A mulher então foi colocada dentro da viatura e os policiais ligaram os giroflex no intuito de chegar mais rápido à unidade médica, porém a bolsa estourou durante o percurso. E foi necessário realizar o parto ali mesmo.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada. Antes de chegar ao local, por telefone os técnicos auxiliaram os militares a cortarem o cordão umbilical da criança.

Reprodução

gravidez

Mãe e filha foram encaminhadas para o Hospital Santa Helena

Posteriormente mãe e filha foram encaminhadas para o Hospital Santa Helena, onde, conforme o BO, ambas passam bem.

Outro caso

Esta é a segunda vez em menos de um mês que policiais militares ajudam mulheres a dar à luz em situações parecidas.

No dia 17 de julho, uma mulher deu à luz um bebê dentro do carro do esposo e contou com a ajuda de militares.

A mulher estava na companhia do marido, quando sua bolsa estourou, próximo ao Supermercado Atacadão, do Bairro do Porto.

Nervoso com a situação, o pai da criança ligou para a Polícia Militar, que encaminhou uma equipe ao local.

Porém, durante o caminho até à maternidade, a mãe – que estava no banco traseiro do veículo – não suportou e teve o bebê dentro do carro, com a ajuda dos policiais.

Eles estacionaram em frente a uma padaria, no Bairro Bosque da Saúde, e ajudaram a mãe no trabalho de parto.

Após o nascimento da criança, mãe e filho foram levados ao hospital, onde receberam atendimento médico.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here