Médico condenado por estupro de pacientes é preso em MT

0
273
Foto: Alair Ribeiro/MidiaNews
ALMT TRANSPARENCIA

Midia News

Um médico ortopedista foragido da Justiça foi preso pela Polícia Civil nesta quinta-feira (17) em São Felix do Araguaia (1.200 km a Nordeste), em cumprimento a um mandado de prisão. 

Célio Eiji Tobisawa, de 50 anos, estava com o mandado de prisão preventiva expedido pela 2ª Vara Criminal de Cuiabá, condenado a mais de 17 anos de prisão em regime inicialmente fechado, por estupro de vulnerável e ato violento ao pudor.

O ortopedista responde também por processo criminal na Comarca de Cáceres (225 km ao Norte), pelos mesmos crimes. 

Ele mantinha um consultório médico na cidade de São Felix do Araguaia, onde realizava atendimentos a cada 15 dias, além de prestar serviço laboral para o Município.

O  mandado de prisão preventiva foi encaminhado pela Gerência Estadual de Polinter e a a equipe da Polícia Civil de São Felix do Araguaia conseguiu localizar o médico nesta quinta-feira (17) em  seu consultório.

Conduzido à delegacia de polícia, Tobisawa, foi colocado à disposição da Justiça.

O caso envolvendo o médico veio à tona em 2010, quando ele foi preso acusado de sedar pacientes para abusar sexualmente deles.

As investigações tiveram início em junho daquele ano.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here