Homem que matou decorador e ocultou corpo é condenado a 21 anos de prisão


0
Foto: Rogério Florentino Pereira/OD

Fonte: Olhar Direto

Um homem indiciado pela Polícia Judiciária Civil por matar e ocultar o cadáver do decorador Ednalmo Alves de Oliveira, 53 anos, foi condenado pela Justiça a 21 anos e quatro meses de reclusão em regime fechado. O corpo foi encontrado em uma região de mata, no bairro Nova Várzea Grande, no dia 28 de novembro de 2018. O suspeito foi preso no dia 3 de novembro e apontou a localização do corpo, mesmo não confessando a morte da vítima.

Desde o início da investigação, a Polícia Civil trabalhou com a hipótese de a vítima estar morta. “O carro dele foi subtraído. Na semana seguinte do desaparecimento o veículo estava na posse de uma pessoa. Esse rapaz foi preso. Além dele estar de posse do carro do Ednalmo, vendendo, ele estava com um cartão da vítima, fazendo saques e empréstimos em agencias bancárias”, declarou na época o delegado Caio Fernando.

Deixe um comentário