Indígena atacado por onça-pintada passa por cirurgia na cabeça e segue internado; veja fotos


0
Foto: Só Notícias

Fonte: Olhar Direto

Irenaldo José da Silva, de 36 anos, passou por uma cirurgia emergencial após ter duas artérias atingidas em um ataque de onça pintada. O caso ocorreu na terra indígena Baía dos Guatós, em Barão de Melgaço (110 quilômetros de Cuiabá), na noite de sexta-feira (16). Irenaldo, membro dos povos indígenas da região, segue sem previsão de alta.
Internado no Hospital Metropolitano de Várzea Grande, a vítima perdeu muito sangue durante a cirurgia, realizada na região da cabeça. A esposa de Irenaldo, Eliane Miguelina de Oliveira, disse que o estado de saúde do marido foi agravado pela dificuldade de deslocamento para receber socorro médico.


Foto: Só Notícias

“A cirurgia dele foi bem arriscada por causa da perda grande de sangue. Teve várias mordidas também pelo corpo. A perfuração também atingiu duas artérias, mas agora, graças a Deus está melhor”, contou Eliane.

No dia do ataque, uma equipe do Corpo de Bombeiros que estava no Pixaim, região mais próxima do local, se deslocou até a zona rural do município para prestar socorro à vítima. O indígena já havia recebido os primeiros socorros e era acompanhado pelo médico da aldeia.


Foto: Só Notícias

Irenaldo estava consciente, mas com saturação baixa e com perda significativa de sangue quando foi transferido de ambulância para o município de Poconé, junto a uma viatura da Força Nacional.

Após isso, o indígena foi encaminhado a Cuiabá para receber atendimento especializado por conta da gravidade dos ferimentos.

O caso

Irenaldo realizava suas atividades no campo, à cavalo, quando passou perto de uma onça que cuidava de dois filhotes. Ao ver o homem, a onça pulou e o atacou, derrubando-o do cavalo e causando vários ferimentos graves.

Com informações do site Só Notícias.

Deixe um comentário