Pinheiro fortalece ações e Cuiabá terá Política Municipal de Turismo pela primeira vez em sua história

A iniciativa foi apresentada no dia 16 de julho, após mapeamento e deliberações dos membros do Conselho Municipal de Turismo

0
Reprodução

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, se reuniu com o secretário municipal de Turismo, Oscarlino Alves, para análise técnica da proposta do Plano de Ação para à gestão para fomento ao potencial turístico da cidade. A iniciativa foi apresentada no dia 16 de julho, após mapeamento e  deliberações dos membros do Conselho Municipal de Turismo.

Dentre as iniciativas elencadas como prioridades estão a construção da Marina Fluvial na região do São Gonçalo Beira Rio; a revitalização da Praça Rachid Jaudy e do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), reformatação para a Rua das Óticas (Cândido Mariano), Mirante Viola de Cocho; Projeto de Revitalização do Morro da Luz; Projeto adote uma praça; e revitalização do Museu do Rio.

“Gostei muito do que foi apresentado. É a primeira vez que estamos elaborando uma política municipal do turismo. Essa uma das metas da minha gestão, fortalecer o potencial turístico da capital, transformando a capital de Mato Grosso como um dos centros atrativos de visitação. Cuiabá tem muitas belezas naturais que precisam ser exploradas”, afiançou o prefeito Emanuel Pinheiro.

O chefe do Executivo Municipal disse que a Revitalização da Praça Rachid Jaudy e do Centro de Atendimento ao Turista- CAT já estão aprovados. “Esse local fica no coração do nosso Centro Histórico, além de ser um dos pontos mais tradicionais da cuiabania. É uma praça que precisa ser revitalizada. Já entregamos mais de cem unidades reformadas, ampliadas,  levando qualidade de vida à nossa gente,  em diferentes regiões da cidade”, acrescentou Pinheiro. Já pode dar início. Está aprovado. O responsável pela execução da obra será a Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos- Limpurb”, declarou.

Além da praça, a região do São Gonçalo Beira Rio, que integra a Rota do Peixe, com essa proposta de construção da Marina Fluvial e revitalização do comércio local, vai servir de referência dos turistas, potencializando uma identificação visual.

“Solicitei ao Oscarlino que me apresentasse o projeto executivo, com todos os custos. É tudo que Cuiabá precisa, a valorização das suas belezas e encantos regionais. Não sabemos se será um projeto rápido, mas quero entregar o mais rápido para a nossa população cuiabana. Fiquei encantado com a estrutura que foi projetada”, destacou o prefeito.

O Plano de Ação foi construído pela equipe técnica após três meses de trabalho, com escutas, observações, análises, reuniões e visitas técnicas nas principais regiões turísticas da Baixada Cuiabana, como o São Gonçalo Beira Rio, Baixada Cuiabana, Sucuri, Pequizeiro, Nossa Senhora da Guia e Coxipó do Ouro.

“A nossa meta é potencializar o turismo no município e entorno (distritos e comunidades), nos setores gastronômico, cultural, negócios, eventos, religioso, cultural, histórico natural, de aventuras e pesca esportiva. Estamos trabalhando para desenvolver o plano de ação com promoção de roteiros turísticos. Temos como missão devolver Cuiabá para os cenários nacional e internacional como uma das principais rotas de visitação para apresentação das nossas belezas naturais”, disse o secretário municipal de Turismo e presidente do COMTUR, Oscarlino Alves.

“Temos tudo para desenvolver na capital, com 300 anos de história, com uma cultura riquíssima, folclore extraordinário, tradições, geograficamente com uma localização privilegiada, o desenvolvimento econômico”, finalizou o gestor. A apresentação do Plano de Ação contou com participação do secretário municipal da Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos, Vanderlúcio Rodrigues.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá

Deixe um comentário