Colômbia vence o Equador por 1 x 0 na estreia da Copa América na Arena Pantanal em Cuiabá

Colômbia x Equador duelaram pela primeira rodada da Copa América, neste domingo (13), às 21h (horário de Brasília), na Arena Pantanal

0
Seleção colombiana comemora gol marcado contra Equador (Foto: Divulgação/Conmebol)

A Colômbia largou na Copa América com vitória de 1 a 0 sobre o Equador, na Arena Pantanal. O belo gol da marcado por Cardona após jogada ensaiada, no entanto, foi um lampejo isolado da equipe. O brilho não se repetiu ao longo da partida. O time de Reinaldo Rueda sofreu um bocado diante dos equatorianos, que martelaram o segundo tempo inteiro, mas não conseguiram empatar.

Colômbia Equador duelaram pela primeira rodada da Copa América, neste domingo (13), às 21h (horário de Brasília), na Arena Pantanal. Os times se enfrentaram pelo Grupo B da competição.

O duelo deste domingo colocou frente a frente dois times que não são favoritos ao título da competição. Enquanto os colombianos venceram apenas uma vez o torneio, o Equador nunca levantou a taça.

Primeiro tempo

O primeiro tempo foi marcado por equilíbrio. Os dois times adotaram a estratégia da marcação alta e dificultaram as saídas dos adversários. Foi uma etapa mais brigada do que jogada – daí a escassez de lances de perigo. No único, bem construído, a Colômbia abriu o placar. Cardona bateu falta ensaida e chegou para concluir dentro da área, servido de cabeça por Borja. Um belíssimo gol que deu a vantagem aos colombianos a cinco minutos do intervalo.

  • Segundo tempo

    Após a volta dos vestiários, o Equador foi superior à Colômbia. Mais agressivo, mais intenso, sustentou a marcação pressão até o fim e conseguiu empurrar os cafeteros para seu campo de defesa. É verdade que teve dificuldade para penetrar na área e ter uma chance limpa de gols, mas, com grande volume de jogo, o time de Gustavo Alfato chegou a assustar Ospina em alguns momentos. Faltou pontaria para chegar ao empate e mais tranquilidade no tal “último passe”.

  • Faltou capricho

    O experiente Enner Valencia tentou de tudo pelo lado do Equador. Principalmente no segundo tempo, caindo pelo lado esquerdo, esteve muito ativo, criou bons lances, mas pecou nas finalizações – invariavelmente tortas e disparadas para longe do gol da Colômbia.

  • Deu o troco

    A Seleção Colombiana deu o troco no Equador pela derrota que sofreu nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, em novembro. O placar, porém, foi distante daquele (6 a 1 a favor de La Tri).

    Borja (E) disputa bola com Arboleda (D), em Colômbia x Equador (Foto: Divulgação/Conmebol)

Deixe um comentário