Mais uma derrota: Brasil toma virada da Colômbia e perde a segunda seguida pelas Eliminatórias

0
35
Foto: Juan Barreto / AFP
CAMARA VG

Nesta quinta-feira, o Brasil foi derrotado pela Colômbia, por 2 a 1, pela quinta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo. No Estádio Metropolitano de Barranquilla, Martinelli abriu o placar para a Seleção, e Luis Díaz fez os dois dos colombianos.

Com o resultado, a Seleção permanece com sete pontos, na quinta posição da tabela, enquanto a Colômbia vai para terceiro lugar, com nove pontos. Os comandados de Fernando Diniz chegam ao terceiro jogo sem vitória, vindos de um empate para Venezuela e derrota para o Uruguai.

O Brasil segue agora para o último compromisso do ano. Pela sexta rodada das Eliminatórias, a Seleção recebe a Argentina, no Maracanã, no Rio de Janeiro, na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília).

Primeiro tempo

Mesmo jogando fora de casa, o Brasil não se intimidou e logo mostrou que buscaria o gol a tudo curto. Antes de o relógio completar o primeiro minuto, Renan Lodi finalizou de fora da área e mandou ao lado do gol da Colômbia. Pouco depois, Emerson Royal cruzou na área e Vini Jr. cabeceou por cima, com perigo. E, depois dessas duas jogadas, não demorou muito para a Seleção abrir o placar.

Depois de um erro na saída de bola do Brasil, Luis Díaz ficou na cara do gol e novamente parou em Alisson. Depois de um início de primeiro tempo intenso, o Brasil passou a “sofrer”, vendo a Colômbia ter boas oportunidades de igualar o placar. Nesse momento, uma má notícia para Fernando Diniz: o atacante Vini Jr., com dores, precisou deixar o gramado.

Aos 30 minutos, mais uma vez Luis Díaz apareceu com perigo no ataque e ficou cara a cara com Alisson, mas viu André chegar antes e fazer o corte certeiro. Por pouco o Brasil não ampliou em uma finalização perigosa de Rodrygo. Na sequência, James Rodriguez arriscou mais uma vez e mandou próximo ao gol de Alisson.

(Foto: Juan Barreto/AFP)

Segundo tempo

No segundo tempo, a Seleção voltou melhor no ataque, diferente do que apresentou na reta final da primeira etapa.João Pedro recebeu bem na frente, mas não conseguiu concluir a jogada. Pouco depois, Martinelli fez boa jogada e tocou para Rodrygo, que viu a marcação desarmar a jogada. Na sobra, Bruno Guimarães finalizou com perigo.

Aos oito minutos, Raphinha quase fez o segundo, Ele recebeu passe de Rodrygo na entrada da área e soltou a pancada. Vargas buscou no canto e mandou para fora. Após cobrança de escanteio, João Pedro subiu e cabeceou para fora. Na sequência, a Colômbia chegou com Carrascal e, mais uma vez, Alisson fez a defesa.

Raphinha, aos 22, perdeu chance claríssima de ampliar. Ele recebeu passe de Rodrygo dentro da área e mandou para fora. Em sua primeira chance no jogo, Paulinho desperdiçou A resposta da Colômbia foi rápida e Luis Díaz assustou o Brasil, mandando a bola pelo lado de fora da rede. O camisa 7 colombiano, mais uma vez chegou pela esquerda e viu Alisson defender.

Depois da insistência, os colombianos chegaram ao empate aos 29 minutos. James Rodriguez abriu para Borja na esquerda e o jogador cruzou na área para Luis Díaz, sozinho subir e balançar a rede. Na sequência, Córdoba bateu cruzado para nova defesa de Alisson. Quatro minutos depois, os colombianos viraram o placar. Ríos tocou para trás para James, que mandou na área e encontrou Díaz na área para completar ao gol e virar o jogo.

Na sequência da virada, Diniz fez modificações, promovendo, inclusive a estreia de Endrick, mas não deu tempo de mudar muita coisa e a Seleção conheceu a segunda derrota nas Eliminatórias.

(Foto: Juan Barreto/AFP)

FICHA TÉCNICA
COLÔMBIA 2 X 1 BRASIL

Local: Estádio Metropolitano, em Barranquilla, na Colômbia
Data: 16 de novembro de 2023, quinta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Andrés Matonte (URU)
Assistentes: Nicolás Tarán (URU) e Martín Soppi (URU)
VAR: Leodán González (URU)
Cartões amarelos: Sánchez (Colômbia); Renan Lodi, Pepê e Fernando Diniz (Brasil)

GOLS:

COLÔMBIA: Luis Díaz (aos 29 e 33 minutos do 2°T)
BRASIL: Gabriel Martinelli (aos três minutos do 1°T)

COLÔMBIA: Vargas; Muñoz, Lucumí, Dávinson Sánchez, Machado (Cristian Borja); Mateus Uribe (Sinisterra), Carrascal (Richard Ríos), Castaño (Lerma); Santos Borré (Córdoba), James Rodríguez e Luis Díaz
Técnico: Néstor Lorenzo

BRASIL: Alisson; Emerson Royal, Marquinhos, Gabriel Magalhães (Douglas Luiz) e Renan Lodi (Pepê); André e Bruno Guimarães; Raphinha (Endrick), Rodrygo (Paulinho), Vinícius Júnior (João Pedro) e Gabriel Martinelli
Técnico: Fernando Diniz

Fonte: Gazeta Desportiva 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here