Um homem que tentou matar a esposa em 2014 foi preso pela Polícia Civil de Mato Grosso

0
84
Foto: Reprodução
CAMARA VG

A prisão preventiva de um homem que tentou matar sua esposa a facadas em 2014, na tarde desta quarta-feira (21.02), foi cumprida por policiais da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Cáceres (28 km a oeste de Cuiabá)

O autor, de 46 anos, tem um mandado de prisão preventiva expedido pela Segunda Vara Criminal e Cível de Cáceres, referente aos crimes de tentativa de homicídio, uma vez que a qualificadora do feminicídio ainda não estava prevista.

A ação faz parte da Operação Hera (deusa grega que protege as mulheres), que tem como objetivo o combate aos crimes de violência doméstica e familiar na cidade de Cáceres.

O crime ocorreu há dez anos, em fevereiro de 2014, quando o suspeito atirou diversas vezes contra a vítima, que aparentava 38 anos de idade. Após os eventos, o suspeito foi à residência onde a filha menor de idade residia e ordenou que ela voltasse para casa, pois a mãe estava doente.

Ao adentrar a residência, a menina encontrou a mãe deitada no chão, com uma perfuração no abdômen, e o irmão de apenas dois anos de idade, no mesmo quarto. A vítima foi socorrida e, apesar dos ferimentos, resistiu às complicações.

Segundo as testemunhas, o suspeito usava substâncias psicotrópicas e álcool, além de ser bastante agressivo, agredindo constantemente a esposa, inclusive na frente dos filhos.

A DEDM conseguiu localizar o procurado em uma residência no bairro Cavalhada II, em Cáceres, cumprindo o mandado de prisão preventiva. Ele foi conduzido à delegacia para as medidas cabíveis e, posteriormente, está à disposição da Justiça.

De acordo com a delegada titular da Delegacia da Mulher de Cáceres, Paula Gomes Araújo, o suspeito ainda está sob investigação em outro inquérito policial. “Isso demonstra a persistência na prática de um tipo de crime de violência doméstica, uma vez que, nos anos em que esteve foragido, as agressões contra mulheres continuaram.

Fonte: Informações/ PJC-MT