Homem que matou policial no Maranhão e travesti em Goiás é preso pela Polícia Civil de Paranatinga


0

A Polícia Judiciária Civil de Paranatinga (373 km ao norte de Cuiabá) prendeu no final da tarde de segunda-feira (19.03) um dos autores do homicídio contra um policial militar no Estado do Maranhão, em 2010. O suspeito é acusado também de praticar duplo homicídio em Goiás, no ano passado .

Condenado a 22 anos de reclusão, o suspeito Danilo de Sousa Araújo, 25, foi preso pelos policiais civis, próximo a um mercado de Paranatinga. Durante a abordagem, ele apresentou documentos (Registro Geral -RG, e Carteira Nacional de Habilitação – CNH), em nome de terceiro, com indícios de falsificação.

Conduzido à delegacia para averiguação, o suspeito apontou sua real identidade, momento em que foi possível checar sua vida criminal pregressa. Danilo é acusado de ser o autor (em conjunto com um adolescente de 16 anos) do homicídio que vitimou o cabo da Policial Militar do Maranhão Edivaldo Carvalho, de 42 anos. A vítima foi morta a pauladas na cidade de Paulo Ramos (MA), em 07 de novembro de 2010.

A checagem demonstrou ainda que havia mandado de prisão temporária em aberto, expedido pela Comarca de Luziania/GO, pelo duplo assassinato de uma mulher de 35 anos e uma travesti, de 26, mortas com disparos de arma de fogo, em março de 2017.

Além do cumprimento da ordem judicial em seu desfavor, Danilo também foi autuado em flagrante por uso de documento falso. Ele foi encaminhado para unidade prisional, onde ficará à disposição da Justiça, para eventuais procedimentos de transferência.

Deixe um comentário